Educação Física domina encontro de PR com líderes federativos

  • Pr Preside reunião com as associações desportivas
Luanda - Questões relacionadas com educação física e formação dos desportistas nacionais foram dos principais temas discutidos nesta quinta-feira, em Luanda, entre o Presidente da República e os líderes das federações desportivas do país.

Segundo a ministra de Estado para Área Social, Carolina Cerqueira, que participou no encontro, foi de igual modo discutido a valorização das modalidades desportivas, o apoio financeiro para o desenvolvimento do desporto, incentivo aos patrocínios e doações.

Em declarações à imprensa, a governante informou que, sobre as infra-estruturas desportivas, foi analisada a construção de quadras desportivas nas escolas, no âmbito do Plano Integrado de Intervenção nos Municípios (PIIM), de forma a garantir a massificação do desporto.

Os representantes das federações manifestaram a necessidade de maior oportunidade para elevar o desporto nacional além-fronteiras, tendo em conta que pode constituir-se em mais-valia na diplomacia.

Na sessão de abertura do encontro, o Presidente da República, João Lourenço, manifestou preocupação com o declínio do desporto angolano e defendeu uma gestão que rentabilize as infra-estruturas desportivas do país.

O Chefe de Estado angolano lembrou que o Executivo investiu na construção de estádios e pavilhões gimnodesportivos em algumas províncias, mas a gestão está aquém do desejado.

Segundo a ministra de Estado para Área Social, Carolina Cerqueira, que participou no encontro, foi de igual modo discutido a valorização das modalidades desportivas, o apoio financeiro para o desenvolvimento do desporto, incentivo aos patrocínios e doações.

Em declarações à imprensa, a governante informou que, sobre as infra-estruturas desportivas, foi analisada a construção de quadras desportivas nas escolas, no âmbito do Plano Integrado de Intervenção nos Municípios (PIIM), de forma a garantir a massificação do desporto.

Os representantes das federações manifestaram a necessidade de maior oportunidade para elevar o desporto nacional além-fronteiras, tendo em conta que pode constituir-se em mais-valia na diplomacia.

Na sessão de abertura do encontro, o Presidente da República, João Lourenço, manifestou preocupação com o declínio do desporto angolano e defendeu uma gestão que rentabilize as infra-estruturas desportivas do país.

O Chefe de Estado angolano lembrou que o Executivo investiu na construção de estádios e pavilhões gimnodesportivos em algumas províncias, mas a gestão está aquém do desejado.