Taça "Cuca" adiada por falta de testes à Covid-19

  • Taça Cuca em xadrez inicia segunda-feira
Luanda - A falta de testes à Covid-19 por parte dos atletas inscritos para o torneio nacional de xadrez, denominado "Taça Cuca", provocou o adiamento da prova de hoje (5) para a próxima sexta-feira (12).

Esta informação foi prestada à ANGOP pelo secretário-geral da Federação Angolana da modalidade, Manuel Pedro, no fim de uma reunião de concertação com os responsáveis dos clubes inscritos.

Afirmou que para o evento, de antecâmara à versão internacional a disputar-se em Abril próximo, todos os intervenientes devem apresentar testes negativos à Covid-19, custeados pelas formações concorrentes, que, entretanto, alegam falta de condições para o efeito.

Para inverter a situação, o Ministério da Juventude e Desportos vai assumir a testagem, na quarta-feira próxima, de todos os envolvidos na competição, entre atletas, árbitros, técnicos e dirigentes, segundo a fonte federativa.

A prova, patrocinada pela empresa cervejeira CUCA, não se disputa desde 2016, por questões financeiras. 

A presente edição será disputada pela primeira vez em duas versões, a primeira com apenas atletas nacionais e a segunda com concorrentes estrangeiros.

Esta informação foi prestada à ANGOP pelo secretário-geral da Federação Angolana da modalidade, Manuel Pedro, no fim de uma reunião de concertação com os responsáveis dos clubes inscritos.

Afirmou que para o evento, de antecâmara à versão internacional a disputar-se em Abril próximo, todos os intervenientes devem apresentar testes negativos à Covid-19, custeados pelas formações concorrentes, que, entretanto, alegam falta de condições para o efeito.

Para inverter a situação, o Ministério da Juventude e Desportos vai assumir a testagem, na quarta-feira próxima, de todos os envolvidos na competição, entre atletas, árbitros, técnicos e dirigentes, segundo a fonte federativa.

A prova, patrocinada pela empresa cervejeira CUCA, não se disputa desde 2016, por questões financeiras. 

A presente edição será disputada pela primeira vez em duas versões, a primeira com apenas atletas nacionais e a segunda com concorrentes estrangeiros.