Futebol: Acordo com atletas pode permitir regresso do Kabuscorp

Luanda- A constituição de um acordo entre a direcção do Kabuscorp do Palanca, atletas e treinadores com quem constitui dívidas é uma das condições para o regresso da equipa de futebol às competições, após ter sido relegada à segunda divisão em 2019 pela FIFA.

A possibilidade foi apresentada nesta segunda-feira à ANGOP pelo membro do conselho de disciplina da Federação Angolana de Futebol (FAF) José Carlos, acrescentando ser uma opção lícita na ausência da quitação das dívidas.

O Kabuscorp, fora das competições há um ano, está impedido de inscrever ou licenciar jogadores nos órgãos directivos do futebol nacional, enquanto durar os conflitos por incumprimentos nos diversos pagamentos de atletas e treinadores.

A turma do Palanca tem mostrado interesse no regresso  às provas oficias locais, tendo já solicitado ao conselho de disciplina da FAF uma apelação informativa sobre o seu estado actual.

O Kabuscorp do Palanca, que se notabilizou no futebol angolano com a sua claque fervorosa, foi campeão do Girabola  em 2013, participando, por isso, na Liga dos Clubes Campeões Africanos em 2014.

A possibilidade foi apresentada nesta segunda-feira à ANGOP pelo membro do conselho de disciplina da Federação Angolana de Futebol (FAF) José Carlos, acrescentando ser uma opção lícita na ausência da quitação das dívidas.

O Kabuscorp, fora das competições há um ano, está impedido de inscrever ou licenciar jogadores nos órgãos directivos do futebol nacional, enquanto durar os conflitos por incumprimentos nos diversos pagamentos de atletas e treinadores.

A turma do Palanca tem mostrado interesse no regresso  às provas oficias locais, tendo já solicitado ao conselho de disciplina da FAF uma apelação informativa sobre o seu estado actual.

O Kabuscorp do Palanca, que se notabilizou no futebol angolano com a sua claque fervorosa, foi campeão do Girabola  em 2013, participando, por isso, na Liga dos Clubes Campeões Africanos em 2014.