Futebol: Lesão de Mingo Bill desfez estratégia da equipa - Mário Soares

Lubango – O técnico do Desportivo da Huíla, Mário Soares, disse que a saída do avançado Mingo Bill, aos 42 minutos, por lesão “estrangulou” a estratégia de jogo e pesou na derrota para o Petro de Luanda (0-1), em jogo 29ª jornada do Girabola.

Em declarações à imprensa, no final do jogo, disse que Mingo Bill era quem mais incomodava a defesa do Petro.

Admitiu que a derrota complica as contas, pelo que terá de trabalhar “arduamente” para que na última jornada vença o Académica do Lobito, em Benguela.

Já o técnico-adjunto do Petro de Luanda, Jaime Sousa e Silva “Nejó”, afirmou que a equipa “lutou” e conseguiu quebrar o “jejum” de vencer na Huíla.

Felicitou o grupo pelo trabalho desenvolvido e que resultou na arrecadação de pontos importantes num terreno “difícil”.

 

Em declarações à imprensa, no final do jogo, disse que Mingo Bill era quem mais incomodava a defesa do Petro.

Admitiu que a derrota complica as contas, pelo que terá de trabalhar “arduamente” para que na última jornada vença o Académica do Lobito, em Benguela.

Já o técnico-adjunto do Petro de Luanda, Jaime Sousa e Silva “Nejó”, afirmou que a equipa “lutou” e conseguiu quebrar o “jejum” de vencer na Huíla.

Felicitou o grupo pelo trabalho desenvolvido e que resultou na arrecadação de pontos importantes num terreno “difícil”.