Futebol: Palmares da Taça de Angola

Luanda – O Petro de Luanda enriqueceu hoje, o seu palmares na Taça de Angola, ao conquistar o seu 12º título, diante do Interclube.    

1980 – Nacional de Benguela 

1981 – Desportivo da Taag

1982 - 1º de Maio

1983 - 1º de Maio

1984 – 1º de Agosto

1985 - Ferroviario da Huila

1986 – Interclube

1987 – Petro de Luanda

1988 - Sagrada Esperança

1989- Ferroviario da  Huila

1990 - 1º de Agosto

1991 – 1º de Agosto

1992 Petro de Luanda

1993 Petro de Luanda

1994 – Petro de Luanda

1995 – Asa

1996 – Progresso Sambizanga

1997 – Petro de Luanda

1998 – Petro de Luanda

1999 – Sagrada Esperança

2000-Petro de Luanda

2001- Atlético do Namibe

2002 - Petro de Luanda

2003- Interclube

2004 - Atlético do Namibe 

2005 – Asa

2006 – 1º de Agosto

2007 – 1º de Maio

2008- Santos FC

2009 -1º de Agosto

2010 – Asa

2011 – Interclube

2012- Petro de Luanda

2013 –Petro de Luanda

2014 – Benfica de Luanda

2015 – Bravos do Maquis

2016 – Recreativo do Libolo

2017– Petro de Luanda

2018- Não se disputou

2019 - 1º de Agosto

2020 - Não se disputou

2021- Petro de Luanda

 

1980 – Nacional de Benguela 

1981 – Desportivo da Taag

1982 - 1º de Maio

1983 - 1º de Maio

1984 – 1º de Agosto

1985 - Ferroviario da Huila

1986 – Interclube

1987 – Petro de Luanda

1988 - Sagrada Esperança

1989- Ferroviario da  Huila

1990 - 1º de Agosto

1991 – 1º de Agosto

1992 Petro de Luanda

1993 Petro de Luanda

1994 – Petro de Luanda

1995 – Asa

1996 – Progresso Sambizanga

1997 – Petro de Luanda

1998 – Petro de Luanda

1999 – Sagrada Esperança

2000-Petro de Luanda

2001- Atlético do Namibe

2002 - Petro de Luanda

2003- Interclube

2004 - Atlético do Namibe 

2005 – Asa

2006 – 1º de Agosto

2007 – 1º de Maio

2008- Santos FC

2009 -1º de Agosto

2010 – Asa

2011 – Interclube

2012- Petro de Luanda

2013 –Petro de Luanda

2014 – Benfica de Luanda

2015 – Bravos do Maquis

2016 – Recreativo do Libolo

2017– Petro de Luanda

2018- Não se disputou

2019 - 1º de Agosto

2020 - Não se disputou

2021- Petro de Luanda