Futebol: Roque Sapiri considera vitória "difícil e emocionante"

  • Roque Sapiri, treinador do Sagrada Esperança (arquivo)
Benguela – O técnico do Sagrada Esperança da Lunda Norte, Roque Sapiri, considerou a vitória da Supertaça de Angola, diante do Petro de Luanda, por 4-3, de difícil e emocionante, uma vez que o vencedor só foi encontrado na segunda série da marcação de penalties.

Falando no final do jogo, realizado no Estádio de Ombaka, em Benguela, disse ser um momento marcante para o clube, porque conquista pela primeira vez a Supertaça.

"Agora somos verdadeiros campeões, porque temos em posse todos os troféus nacionais", frisou.

Roque Sapiri felicitou os seus atletas e considerou o jogo de bastante sofrível, tendo a sua equipa criado muitas oportunidades que não concretizou durante os 90 minutos de jogo.

Já o técnico do Petro de Luanda, Alexandre Santos, felicitou o Sagrada Esperança, dizendo que os Lundas foram mais felizes e que a sua formação tudo fez para evitar a marcação de grandes penalidades.

"Nós queríamos resolver o jogo nos 90 minutos, porque fomos mais fortes, consistentes e tivemos melhores oportunidades, sobretudo no último período da segunda parte", disse.

Referiu ainda que a sua equipa esteve muito mais perto de marcar quando colocou em campo três pontas de lança e um extremo, mas foram infelizes.

Falando no final do jogo, realizado no Estádio de Ombaka, em Benguela, disse ser um momento marcante para o clube, porque conquista pela primeira vez a Supertaça.

"Agora somos verdadeiros campeões, porque temos em posse todos os troféus nacionais", frisou.

Roque Sapiri felicitou os seus atletas e considerou o jogo de bastante sofrível, tendo a sua equipa criado muitas oportunidades que não concretizou durante os 90 minutos de jogo.

Já o técnico do Petro de Luanda, Alexandre Santos, felicitou o Sagrada Esperança, dizendo que os Lundas foram mais felizes e que a sua formação tudo fez para evitar a marcação de grandes penalidades.

"Nós queríamos resolver o jogo nos 90 minutos, porque fomos mais fortes, consistentes e tivemos melhores oportunidades, sobretudo no último período da segunda parte", disse.

Referiu ainda que a sua equipa esteve muito mais perto de marcar quando colocou em campo três pontas de lança e um extremo, mas foram infelizes.