Ginástica: Huambo com condições criadas para acolher campeonato zonal

Huambo – A província do Huambo tem criadas as condições para albergar, a partir de sexta-feira (16 de Abril) a 12ª edição do campeonato zonal de ginástica nas categorias de júnior e senior, em ambos os sexos.

A prova, que vai juntar atletas das províncias do Bié, Cuando Cubango, Huambo e Lunda Sul, servirá de apuramento dos representantes ao Campeonato Nacional da modalidade, marcado para o segundo semestre do ano em curso, na província de Malanje.

Com término previsto para sábado, os atletas vão competir nas disciplinas de ginástica rítmica, aeróbica, artística e em saltos de trampolim.

Em declarações hoje, quinta-feira, à ANGOP sobre os preparativos do campeonato, o secretário-geral da Associação de Ginástica no Huambo, António Manuel Tchilalo, assegurou estarem criadas as condições de logísticas e técnicas, desde o alojamento dos atletas, recintos para a competição e os árbitros, para a realização, com êxito, da competição.

Avançou que os atletas visitantes já se encontram na província e que têm realizado sessões de treinos para elevar os seus níveis competitivos.

Quanto à província do Huambo, vencedora da edição passada, referiu que vai entrar na prova com o objectivo de revalidar o título e continuar na ribalta da ginástica nacional.

De acordo com o dirigente desportivo, a província controla mais de 150 atletas profissionais, que praticam a modalidade nos clubes do Petro do Huambo, Núcleo do Bailundo e do Chinjenje.

 

A prova, que vai juntar atletas das províncias do Bié, Cuando Cubango, Huambo e Lunda Sul, servirá de apuramento dos representantes ao Campeonato Nacional da modalidade, marcado para o segundo semestre do ano em curso, na província de Malanje.

Com término previsto para sábado, os atletas vão competir nas disciplinas de ginástica rítmica, aeróbica, artística e em saltos de trampolim.

Em declarações hoje, quinta-feira, à ANGOP sobre os preparativos do campeonato, o secretário-geral da Associação de Ginástica no Huambo, António Manuel Tchilalo, assegurou estarem criadas as condições de logísticas e técnicas, desde o alojamento dos atletas, recintos para a competição e os árbitros, para a realização, com êxito, da competição.

Avançou que os atletas visitantes já se encontram na província e que têm realizado sessões de treinos para elevar os seus níveis competitivos.

Quanto à província do Huambo, vencedora da edição passada, referiu que vai entrar na prova com o objectivo de revalidar o título e continuar na ribalta da ginástica nacional.

De acordo com o dirigente desportivo, a província controla mais de 150 atletas profissionais, que praticam a modalidade nos clubes do Petro do Huambo, Núcleo do Bailundo e do Chinjenje.