Sagrada recebido no Dundo com troféu Nacional

  • Sagrada Esperança da Lunda Norte (arquivo)
Dundo - Centenas de pessoas receberem, esta terça-feira, no Aeroporto de Kamaquenzo, no Dundo, a equipa do Sagrada Esperança, campeã nacional de futebol da primeira divisão, num acto presenciado pelo governador da Lunda Norte e o seu homólogo da vizinha província da Lunda Sul.

O representante da Lunda Norte na principal competição da modalidade no país conquistou sábado último, na capital do país, o Girabola2021, ao vencer o Petro de Luanda, por 1-0, com golo de Luís Taty.

Os novos campeões nacionais só hoje regressaram à província de origem, onde, na companhia dos amantes do futebol, participaram de uma passeata por algumas ruas da cidade do Dundo.

Exibindo o troféu, a caravana foi aclamada por centenas de pessoas, dentre sócios, adeptos e população em geral, pelas artérias por onde circulou.

A passeata terminou no Estádio Sagrada Esperança, onde também se juntaram muitos adeptos, e, de seguida, a equipa participou de um almoço oferecido pelo governador Ernesto Muangala.

Trata-se do segundo título nacional conquistado pelo Sagrada Esperança, 16 anos depois da primeira consagração, em 2005.

O Sagrada somou 70 pontos, mais três que o segundo classificado (Petro de Luanda) e seis em relação ao terceiro colocado e campeão destronado (1º de Agosto).

O representante da Lunda Norte na principal competição da modalidade no país conquistou sábado último, na capital do país, o Girabola2021, ao vencer o Petro de Luanda, por 1-0, com golo de Luís Taty.

Os novos campeões nacionais só hoje regressaram à província de origem, onde, na companhia dos amantes do futebol, participaram de uma passeata por algumas ruas da cidade do Dundo.

Exibindo o troféu, a caravana foi aclamada por centenas de pessoas, dentre sócios, adeptos e população em geral, pelas artérias por onde circulou.

A passeata terminou no Estádio Sagrada Esperança, onde também se juntaram muitos adeptos, e, de seguida, a equipa participou de um almoço oferecido pelo governador Ernesto Muangala.

Trata-se do segundo título nacional conquistado pelo Sagrada Esperança, 16 anos depois da primeira consagração, em 2005.

O Sagrada somou 70 pontos, mais três que o segundo classificado (Petro de Luanda) e seis em relação ao terceiro colocado e campeão destronado (1º de Agosto).