Jogo físico do Mafunzo preocupa Inter

  • Interclube já conhece adversário na Taça das Confederações
Luanda - O excessivo contacto físico, característica da forma de jogar do Mafunzo FC da Tanzânia, preocupa o Interclube, tendo em conta o desafio de domingo (14h), para a segunda mão de acesso à fase de grupo da Taça das Confederações Africanas de futebol.

Segundo o técnico do conjunto, Beto Biachi, em conferência de imprensa, esta sexta-feira, de lançamento da partida, no estádio 22 de Junho, em Luanda, trata-se de um tipo de jogo que obriga a cautelas defensivas.

Após a vitória de 1-0 no reduto do oponente, com golo de Pety, referiu estar a pressão do lado dos tanzanianos.

Sobre o plantel, Beto Bianchi indicou como única baixa o defesa Danilson, devido ao golpe que sofreu na cabeça, na Tanzânia.

O confronto, inicialmente agendado para sábado, foi trasnferido para domingo. 

É a oitava vez que o Interclube disputa a também denominada “Taça Nelson Mandela”, tendo a última participação acontecido em 2012.

Para atingir a esta fase, os “polícias”, que ficaram na sexta posição do Campeonato Nacional de futebol (Girabola 2020/21), foram finalistas vencidos na Taça de Angola, ganha pelo Petro de Luanda.

 

Segundo o técnico do conjunto, Beto Biachi, em conferência de imprensa, esta sexta-feira, de lançamento da partida, no estádio 22 de Junho, em Luanda, trata-se de um tipo de jogo que obriga a cautelas defensivas.

Após a vitória de 1-0 no reduto do oponente, com golo de Pety, referiu estar a pressão do lado dos tanzanianos.

Sobre o plantel, Beto Bianchi indicou como única baixa o defesa Danilson, devido ao golpe que sofreu na cabeça, na Tanzânia.

O confronto, inicialmente agendado para sábado, foi trasnferido para domingo. 

É a oitava vez que o Interclube disputa a também denominada “Taça Nelson Mandela”, tendo a última participação acontecido em 2012.

Para atingir a esta fase, os “polícias”, que ficaram na sexta posição do Campeonato Nacional de futebol (Girabola 2020/21), foram finalistas vencidos na Taça de Angola, ganha pelo Petro de Luanda.