Lançada obra sobre Regime Jurídico das Sociedades Anónimas Desportivas

Luanda – Um livro sobre o ”Regime Jurídico das Sociedades Anónimas Desportivas em Angola”, de autoria do jurista angolano Mário Freud Bartolomeu, foi lançado nesta sexta-feira, em Luanda.

Com 200 exemplares, numa primeira fase, a obra de cerca de 77 páginas e posta à venda por Akz 5 mil cada faz uma análise crítica da lei e do seu impacto na competição desportiva profissional.

No prefácio, o Catedrático da Faculdade de Direito da Universidade de Lisboa, António Cordeiro, resume a dimensão social e cultural do desporto no mundo globalizado e o direito angolano no sector.

No livro, o autor descreve as sociedades anónimas na indústria desportiva (competição desportiva profissional).

Em três capítulos, o advogado Mário Freud descreve ainda a caracterização da indústria desportiva, implementação das sociedades anónimas na competição profissional e sociedade anónima desportiva no direito comparado (Itália, França e Portugal).

Também inclui a situação dos clubes no país, os diplomas de regulação das sociedades anónimas; um debate sobre os modelos (sociedade anónima desportiva de fins lucrativos ou de fins desportivos?) na vida dos clubes.

No acto de lançamento, decorrido na Livraria Paulinas e que contou com importantes figuras ligadas ao sector e da igreja católica, ao falar à imprensa, o escritor defendeu a necessidade da utilização do conhecimento na prática.

“É necessário compreender que os conhecimentos constituem um importante factor de riqueza para um país, quando são postos ao serviço da sociedade”, disse o também docente da Faculdade de Direito da Universidade Metodista de Angola.   

Sobre o autor, que também é responsável pela obra intitulada “Agência Comercial Desportiva”, estudou direito desportivo no Seminário Maior de Luanda.

É licenciado em direito pela Faculdade de Direito da Universidade Agostinho Neto, pôs - graduado em contrato de trabalho e segurança social pelo convénio com a Faculdade de Direito de Lisboa.

Também é  mestre em ciências jurídicas empresariais pelo convénio com a Faculdade de Direito da Universidade de Coimbra.                  

Com 200 exemplares, numa primeira fase, a obra de cerca de 77 páginas e posta à venda por Akz 5 mil cada faz uma análise crítica da lei e do seu impacto na competição desportiva profissional.

No prefácio, o Catedrático da Faculdade de Direito da Universidade de Lisboa, António Cordeiro, resume a dimensão social e cultural do desporto no mundo globalizado e o direito angolano no sector.

No livro, o autor descreve as sociedades anónimas na indústria desportiva (competição desportiva profissional).

Em três capítulos, o advogado Mário Freud descreve ainda a caracterização da indústria desportiva, implementação das sociedades anónimas na competição profissional e sociedade anónima desportiva no direito comparado (Itália, França e Portugal).

Também inclui a situação dos clubes no país, os diplomas de regulação das sociedades anónimas; um debate sobre os modelos (sociedade anónima desportiva de fins lucrativos ou de fins desportivos?) na vida dos clubes.

No acto de lançamento, decorrido na Livraria Paulinas e que contou com importantes figuras ligadas ao sector e da igreja católica, ao falar à imprensa, o escritor defendeu a necessidade da utilização do conhecimento na prática.

“É necessário compreender que os conhecimentos constituem um importante factor de riqueza para um país, quando são postos ao serviço da sociedade”, disse o também docente da Faculdade de Direito da Universidade Metodista de Angola.   

Sobre o autor, que também é responsável pela obra intitulada “Agência Comercial Desportiva”, estudou direito desportivo no Seminário Maior de Luanda.

É licenciado em direito pela Faculdade de Direito da Universidade Agostinho Neto, pôs - graduado em contrato de trabalho e segurança social pelo convénio com a Faculdade de Direito de Lisboa.

Também é  mestre em ciências jurídicas empresariais pelo convénio com a Faculdade de Direito da Universidade de Coimbra.