Licença FIFA afasta "Bodunha" do comando técnico do Petro

  • Bodunha deixa Petro de Luanda
Luanda - O treinador Mateus Agostinho “Bodunha” deixou hoje o comando técnico do Petro de Luanda, por falta de licença que o habilitaria a orientar o plantel na Liga Africana dos Clubes Campeões de Futebol, anunciou o próprio no facebook da agremiação.

O treinador, vice-capeão do Girabola2020-21, afirmou  que ruma dentro de dias para Espanha, onde, em seis meses, fará formação para a obtenção dos níveis B e A exigidos pela FIFA.

Escreveu contar o projecto com o apoio financeiro da direcção do clube ”petrolífero”.

Explicou que embarcaria para a formação após ao estágio pré-competitivo, em Portugal, viagem até à data adiada “sine die”, por dificuldade na obtenção de visto.

Entre os vários assuntos abordados na rede social da colectividade, em vídeo, o director para a comunicação e imagem, Sidónio Malamba, não anuncia, no entanto, o sucessor do ex-lateral direito.

Bodunha, que substituiu no cargo Tony Cosano, demitido por maus resultados, conduziu a equipa à segunda posição do Campeonato Nacional de futebol da primeira divisão (Girabola 2020-21), com 67 pontos.

A prova foi ganha pelo Sagrada Esperança da Lunda Norte. Ambas formações vão representar Angola na Liga Africana dos Clubes Campeões.

 

O treinador, vice-capeão do Girabola2020-21, afirmou  que ruma dentro de dias para Espanha, onde, em seis meses, fará formação para a obtenção dos níveis B e A exigidos pela FIFA.

Escreveu contar o projecto com o apoio financeiro da direcção do clube ”petrolífero”.

Explicou que embarcaria para a formação após ao estágio pré-competitivo, em Portugal, viagem até à data adiada “sine die”, por dificuldade na obtenção de visto.

Entre os vários assuntos abordados na rede social da colectividade, em vídeo, o director para a comunicação e imagem, Sidónio Malamba, não anuncia, no entanto, o sucessor do ex-lateral direito.

Bodunha, que substituiu no cargo Tony Cosano, demitido por maus resultados, conduziu a equipa à segunda posição do Campeonato Nacional de futebol da primeira divisão (Girabola 2020-21), com 67 pontos.

A prova foi ganha pelo Sagrada Esperança da Lunda Norte. Ambas formações vão representar Angola na Liga Africana dos Clubes Campeões.