MINJUD avança com gestão público-privada dos recintos desportivos

  • Ministra da Juventude e Desporto, Ana Paula Sacramento Neto
Malanje - Com vista a melhorar a gestão e tirar maior rendimento dos espaços desportivos do país, o Ministério da Juventude e Desportos vai optar brevemente por parcerias público-privadas, segundo disse hoje (sexta-feira), em Malanje, a titular da pasta, Ana Paula do Sacramento Neto.

“Já se ensaiou a entrega destes espaços à gestão privada, mas não funcionou”, recordou, sublinhando que deverá por isso adoptar outros modelos, cujos preparativos estão em curso, para o anúncio (em breve) do concurso público".

Segundo a dirigente, que falava no final da visita de três dias à província de Malanje, os privados até então em posse dos recintos desportivos, priorizavam actividades de outra índole em detrimento das desportivas, pelo que os futuros inquilinos deverão dar primazia ao desporto em consonância com o calendário das associações desportivas.

No domínio da juventude, Ana Paula do Sacramento Neto elogiou a entrega dessa camada social no projecto “Agricultor e Aquicultor Jovem”, desenvolvido nos municípios de Malanje e Cacuso, em que estão integrados 110 jovens.

Orçado em 24 milhões e 700 mil kwanzas, o referido projecto conta com uma área 117 hectares, onde estão a ser produzidos hortícolas, batata-rena, milho e feijão, ao passo que no domínio da aquicultura a iniciativa contempla 5 tanques com dois mil alevinos cada.

A ministra fez saber que, com estas acções, se pretende inserir cada vez mais os jovens na vida activa, apesar das actuais limitações orçamentais. Garantiu que o seu Pelouro vai continuar a desenvolver a capacidade empreendedora dos jovens, em resposta à Política Nacional da Juventude.

No último dia da sua jornada de trabalho, a ministra da Juventude e Desportos visitou o Pavilhão Arena Palanca Negra e as obras da Casa da Juventude, bem como inteirou-se do projecto “Agricultor e Aquicultor Jovem”, nesta cidade.

Visitou também o centro de artes e ofícios “Cidadela Jovem de Sucesso”, no município de Mucari, o Cemitério dos Mártires da Repressão Colonial da Baixa de Cassanje, na região do Quela, onde presidiu a 5ª edição do encontro inter-geracional, em homenagem aos protagonistas do 4 de Janeiro de 1961.

 

“Já se ensaiou a entrega destes espaços à gestão privada, mas não funcionou”, recordou, sublinhando que deverá por isso adoptar outros modelos, cujos preparativos estão em curso, para o anúncio (em breve) do concurso público".

Segundo a dirigente, que falava no final da visita de três dias à província de Malanje, os privados até então em posse dos recintos desportivos, priorizavam actividades de outra índole em detrimento das desportivas, pelo que os futuros inquilinos deverão dar primazia ao desporto em consonância com o calendário das associações desportivas.

No domínio da juventude, Ana Paula do Sacramento Neto elogiou a entrega dessa camada social no projecto “Agricultor e Aquicultor Jovem”, desenvolvido nos municípios de Malanje e Cacuso, em que estão integrados 110 jovens.

Orçado em 24 milhões e 700 mil kwanzas, o referido projecto conta com uma área 117 hectares, onde estão a ser produzidos hortícolas, batata-rena, milho e feijão, ao passo que no domínio da aquicultura a iniciativa contempla 5 tanques com dois mil alevinos cada.

A ministra fez saber que, com estas acções, se pretende inserir cada vez mais os jovens na vida activa, apesar das actuais limitações orçamentais. Garantiu que o seu Pelouro vai continuar a desenvolver a capacidade empreendedora dos jovens, em resposta à Política Nacional da Juventude.

No último dia da sua jornada de trabalho, a ministra da Juventude e Desportos visitou o Pavilhão Arena Palanca Negra e as obras da Casa da Juventude, bem como inteirou-se do projecto “Agricultor e Aquicultor Jovem”, nesta cidade.

Visitou também o centro de artes e ofícios “Cidadela Jovem de Sucesso”, no município de Mucari, o Cemitério dos Mártires da Repressão Colonial da Baixa de Cassanje, na região do Quela, onde presidiu a 5ª edição do encontro inter-geracional, em homenagem aos protagonistas do 4 de Janeiro de 1961.