Maquis adia estreia em casa

  • Pormenor de uma partida de futebol
Luena – Ao contrário do que está calendarizado, o FC Bravos do Maquis vai disputar o jogo contra a Académica do Lobito no reduto do adversário, na segunda jornada do Campeonato Nacional de Futebol da Primeira Divisão (Girabola2020/21).

Deste modo, o Maquis vai se deslocar ao Lobito para defrontar os “estudantes”, ao contrário do que está programado no calendário oficial em que o representante do Moxico receberia a Académica no seu reduto, no estádio Mundunduleno.

Sendo assim, a formação do Moxico vê adiada a estreia em casa na presente edição do Girabola. O jogo está marcado para o dia 2 de Janeiro.

Em declarações à imprensa, o presidente do Maquis, Manuel Quitadica, justificou a medida com “questões de calendário e racionalização de custos”.

Acrescentou que o clube fez uma negociação com a equipa da Académica, passando o referido jogo para o Lobito e na segunda volta os lobitangas deslocarem-se ao Luena.

Docas avançou que após o jogo com os “lobitangas”, o Maquis viaja directamente para a República Democrática do Congo, para defrontar, no dia 5 de Janeiro, o Motema Pembe, para a segunda mão da Taça Nelson Mandela, após perder em casa por 0-1.

Deste modo, o Maquis vai se deslocar ao Lobito para defrontar os “estudantes”, ao contrário do que está programado no calendário oficial em que o representante do Moxico receberia a Académica no seu reduto, no estádio Mundunduleno.

Sendo assim, a formação do Moxico vê adiada a estreia em casa na presente edição do Girabola. O jogo está marcado para o dia 2 de Janeiro.

Em declarações à imprensa, o presidente do Maquis, Manuel Quitadica, justificou a medida com “questões de calendário e racionalização de custos”.

Acrescentou que o clube fez uma negociação com a equipa da Académica, passando o referido jogo para o Lobito e na segunda volta os lobitangas deslocarem-se ao Luena.

Docas avançou que após o jogo com os “lobitangas”, o Maquis viaja directamente para a República Democrática do Congo, para defrontar, no dia 5 de Janeiro, o Motema Pembe, para a segunda mão da Taça Nelson Mandela, após perder em casa por 0-1.