Desporto joga papel educativo e estimula a mente - dirigente

  • Debatida protecção do atleta pós carreira
Uíge - O desporto joga papel educativo, ajuda a estimular a mente, o físico e contribui para o desenvolvimento das habilidades práticas e psicológicas, afirmou nesta terça-feira o director em exercício do Gabinete Provincial da Cultura, Turismo, Juventude e Desporto no Uíge, António Quenda.

Falando na abertura de uma palestra sobre a “Luta Pela Inclusão das Mulheres nos Desportos”, promovida pelo Secretariado do Comité Municipal do MPLA no Uíge, no quadro da celebração do 59º aniversário da fundação da OMA, que se assinala nesta terça-feira (2), acrescentou que o jogo implica certo grau de competência.

Dirigindo-se particularmente às militantes daquela organização, disse que deveriam ser as primeiras a  sensibilizar as meninas para que se dediquem à prática desportiva, cujo benefício abarca, além do ganho competitivo, a saúde e o bem-estar físico.

António Quenda referiu-se aos jogos recreativos, onde o valor competitivo é minimizado, mas ainda assim os benefícios estão sempre presentes.

 

 

Falando na abertura de uma palestra sobre a “Luta Pela Inclusão das Mulheres nos Desportos”, promovida pelo Secretariado do Comité Municipal do MPLA no Uíge, no quadro da celebração do 59º aniversário da fundação da OMA, que se assinala nesta terça-feira (2), acrescentou que o jogo implica certo grau de competência.

Dirigindo-se particularmente às militantes daquela organização, disse que deveriam ser as primeiras a  sensibilizar as meninas para que se dediquem à prática desportiva, cujo benefício abarca, além do ganho competitivo, a saúde e o bem-estar físico.

António Quenda referiu-se aos jogos recreativos, onde o valor competitivo é minimizado, mas ainda assim os benefícios estão sempre presentes.