Natação angolana em Accra para africano

  • Selecção de natação arrebata terceira posição no africano
Luanda - A selecção angolana de natação chegou hoje à cidade ghanesa de Accra para participar no Campeonato Africano, que arranca segunda-feira até dia 17 deste mês.

Proveniente do Centro de Alto Rendimento de Rio Maior, em Portugal, onde cumpriu um estágio pré-competitivo, o combinado nacional tem agendado duas sessões de treinos por dia, até a estreia (segunda-feira), nos quais corrigirá os aspectos técnicos, incluindo a velocidade, partidas, viragens e rendições de estafetas.

No africano, a equipa, orientada pelo treinador João Aguiar, inicia a competir com a única nadadora que representou Angola nos Jogos Olímpicos de Tóquio 2020, Catarina Sousa, inscrita na primeira prova preliminar (100m livres) de acesso à final.

Com a marca de 59.35, a atleta de 21 anos de idade é candidata  à final na referida distância, cujo recorde (52.70) pertence a sul-africana Erin Gallagher, cronometrado a 12 de Dezembro de 2018, em Hongzhou (China).

Na mesma prova, a experiente atleta contará com a integração das compatriotas Maria Freitas, de 24 anos, e N’hara Fernandes, de 14.

Já na classe masculina, o veterano Pedro Pinotes será o primeiro a entrar em cena na segunda partida do africano (100m bruços).

De 32 anos, o nadador, que detem a marca de 1:07.52, é uma das melhores opções do país na luta pelo acesso à final e consequente medalha, não obstante o seu registo ser inferior ao do sul-africano George Du Rand, obtido a 10 de Novembro de 2009, em Estocolmo (Suécia).

Na mesma prova, além de Pinotes, está também o angolano Djamel Pires, de 17 anos, que entra com a marca de 1:16.29.

O único nadador que esteve nos Jogos Olímpicos de Tóquio 2020, Salvador Gordo, estreia-se apenas na sexta prova preliminar (50m costas), no qual apresenta o registo de 29.29, acima da melhor marca (22.85) na posse do sul-africano Gerhard Zandberg, conseguida a 5 Novembro 2009, no mundial de Berlim (Alemanha).

O africano disputa-se de 11 a 17 de Outubro (reservado para a prova de águas abertas).  

A última presença de Angola num evento do género ocorreu em 2018, na Argélia, onde Catarina Sousa foi a melhor unidade do conjunto ao chegar à final.

Eis o cartaz completo da selecção de Angola, em Accra:

Dia 11

1ª Prova: 100 metros livres femininos

Atletas: Catarina Sousa, Maria Feitas e N’hara Fernandes

2ª Prova: 100m bruços masculinos

Atletas: Pedro Pinotes, Djamel Pires

4ª Prova: 200m livre masc.

Atleta: Henrique Mascarenhas

5º Prova: 50m costas fem.

Atletas: Catarina Sousa, N’hara Fernandes

6ª Prova: 50m costas masc.

Atleta: Salvador Gordo

7ª Prova: Estafeta (4x200m) livre fem.

Atletas: Lia Lima, Rafaela Santo, Maria Freitas e Catarina Sousa

 Dia 12

8ª Prova: 100m mariposa masc.

Atletas: Daniel Francisco, Salvador Gordo

9ª Prova: 200m livre fem.

Atleta: Catarina Sousa

10ª Prova: 400m IM masc.

Atleta: Pedro Pinotes

11º Prova: 200m bruços fem.

Atleta: Maria Freitas

12ª Prova: 50m bruços masc.

Atleta: Djamel Pires

13ª Prova: 50m mariposa fem.

Atleta: Lia Lima

14ª Prova: 800m estilos masc.

Atleta: Henrique Mascarenhas

15ª Prova: Estafeta (4x100m livres) mista

Atletas: Daniel Francisco, Pedro Pinotes, Catarina Sousa, Maria Freitas

Dia 13

16ª Prova: 400m livre fem.

Atleta: Rafaela Santo

17ª Prova: 100m livre masc.

Atletas: Daniel Francisco, Henrique Mascarenhas

18ª Prova: 100m costas fem.

Atleta: Catarina Sousa

20ª Prova: 50m bruços fem.

Atleta: Maria Freitas

21ª Prova: 50m mariposa masc.

Atletas: Daniel Francisco, Salvador Gordo,N’hara Fernandes

22ª Prova: Estafeta (4x100m livres) fem.

Atletas: Lia Lima, Maria Freitas, Rafaela Santo, Catarina Sousa

23ª Prova: Estafeta (4x200m livre) masc.

Atletas: Henrique Mascarenhas, Pedro Pinotes, Salvador Gordo, Daniel Francisco

Dia 14

24ª Prova: 100m mariposa fem.

Atleta: Lia Lima

25ª Prova: 400m estilos masc.

Atleta: Henrique Mascarenhas

26ª Prova: 100m bruços fem.

Atletas: Maria Freitas, N’hara Fernandes

28ª Prova: 800m estilos fem.

Atleta: Rafaela Santo

Dia 15

30ª Prova: 200m mariposa masc.

Atleta: Salvador Gordo

31ª Prova: 200m IM fem.

Atletas: Catarina Sousa, Lia Lima, Rafaela Santo

33ª Prova: 50m estilos fem.

Atletas: Maria Freitas, Catarina Sousa, N’hara Fernandes, Rafaela Santo

34ª Prova: 1500 m estilos masc.

Atleta: Djamel Pires

35ª Prova: Estafeta (4X100m IM) mista

Atletas: Salvador Gordo, Pedro Pinotes, Lia Lima, Catarina Sousa

Dia 16

36ª Prova: 200m mariposa fem.

Atleta: Lia Lima

37ª Prova: 50m estilos masc.

Atletas: Daniel Francisco, Djamel Pires

38ª Prova: 200m costa fem.

Atleta: Catarina Sousa

39ª Prova: 200m IM masc.

Atletas: Pedro Pinotes, Henrique Mascarenhas, Salvador Gordo

40ª Prova: 1500m estilos fem.

Atleta: Rafaela Santo

41ª Prova: Estafeta (4x100m IM) fem.

Atletas: Catarina Sousa, Maria Freitas, Lia Lima, Rafaela Santo

42ª Prova: Estafeta (4x100m IM) masc.

Atletas: Salvador Gordo, Pedro Pinotes, Daniel Francisco, Henrique Mascarenhas.

 

 

Proveniente do Centro de Alto Rendimento de Rio Maior, em Portugal, onde cumpriu um estágio pré-competitivo, o combinado nacional tem agendado duas sessões de treinos por dia, até a estreia (segunda-feira), nos quais corrigirá os aspectos técnicos, incluindo a velocidade, partidas, viragens e rendições de estafetas.

No africano, a equipa, orientada pelo treinador João Aguiar, inicia a competir com a única nadadora que representou Angola nos Jogos Olímpicos de Tóquio 2020, Catarina Sousa, inscrita na primeira prova preliminar (100m livres) de acesso à final.

Com a marca de 59.35, a atleta de 21 anos de idade é candidata  à final na referida distância, cujo recorde (52.70) pertence a sul-africana Erin Gallagher, cronometrado a 12 de Dezembro de 2018, em Hongzhou (China).

Na mesma prova, a experiente atleta contará com a integração das compatriotas Maria Freitas, de 24 anos, e N’hara Fernandes, de 14.

Já na classe masculina, o veterano Pedro Pinotes será o primeiro a entrar em cena na segunda partida do africano (100m bruços).

De 32 anos, o nadador, que detem a marca de 1:07.52, é uma das melhores opções do país na luta pelo acesso à final e consequente medalha, não obstante o seu registo ser inferior ao do sul-africano George Du Rand, obtido a 10 de Novembro de 2009, em Estocolmo (Suécia).

Na mesma prova, além de Pinotes, está também o angolano Djamel Pires, de 17 anos, que entra com a marca de 1:16.29.

O único nadador que esteve nos Jogos Olímpicos de Tóquio 2020, Salvador Gordo, estreia-se apenas na sexta prova preliminar (50m costas), no qual apresenta o registo de 29.29, acima da melhor marca (22.85) na posse do sul-africano Gerhard Zandberg, conseguida a 5 Novembro 2009, no mundial de Berlim (Alemanha).

O africano disputa-se de 11 a 17 de Outubro (reservado para a prova de águas abertas).  

A última presença de Angola num evento do género ocorreu em 2018, na Argélia, onde Catarina Sousa foi a melhor unidade do conjunto ao chegar à final.

Eis o cartaz completo da selecção de Angola, em Accra:

Dia 11

1ª Prova: 100 metros livres femininos

Atletas: Catarina Sousa, Maria Feitas e N’hara Fernandes

2ª Prova: 100m bruços masculinos

Atletas: Pedro Pinotes, Djamel Pires

4ª Prova: 200m livre masc.

Atleta: Henrique Mascarenhas

5º Prova: 50m costas fem.

Atletas: Catarina Sousa, N’hara Fernandes

6ª Prova: 50m costas masc.

Atleta: Salvador Gordo

7ª Prova: Estafeta (4x200m) livre fem.

Atletas: Lia Lima, Rafaela Santo, Maria Freitas e Catarina Sousa

 Dia 12

8ª Prova: 100m mariposa masc.

Atletas: Daniel Francisco, Salvador Gordo

9ª Prova: 200m livre fem.

Atleta: Catarina Sousa

10ª Prova: 400m IM masc.

Atleta: Pedro Pinotes

11º Prova: 200m bruços fem.

Atleta: Maria Freitas

12ª Prova: 50m bruços masc.

Atleta: Djamel Pires

13ª Prova: 50m mariposa fem.

Atleta: Lia Lima

14ª Prova: 800m estilos masc.

Atleta: Henrique Mascarenhas

15ª Prova: Estafeta (4x100m livres) mista

Atletas: Daniel Francisco, Pedro Pinotes, Catarina Sousa, Maria Freitas

Dia 13

16ª Prova: 400m livre fem.

Atleta: Rafaela Santo

17ª Prova: 100m livre masc.

Atletas: Daniel Francisco, Henrique Mascarenhas

18ª Prova: 100m costas fem.

Atleta: Catarina Sousa

20ª Prova: 50m bruços fem.

Atleta: Maria Freitas

21ª Prova: 50m mariposa masc.

Atletas: Daniel Francisco, Salvador Gordo,N’hara Fernandes

22ª Prova: Estafeta (4x100m livres) fem.

Atletas: Lia Lima, Maria Freitas, Rafaela Santo, Catarina Sousa

23ª Prova: Estafeta (4x200m livre) masc.

Atletas: Henrique Mascarenhas, Pedro Pinotes, Salvador Gordo, Daniel Francisco

Dia 14

24ª Prova: 100m mariposa fem.

Atleta: Lia Lima

25ª Prova: 400m estilos masc.

Atleta: Henrique Mascarenhas

26ª Prova: 100m bruços fem.

Atletas: Maria Freitas, N’hara Fernandes

28ª Prova: 800m estilos fem.

Atleta: Rafaela Santo

Dia 15

30ª Prova: 200m mariposa masc.

Atleta: Salvador Gordo

31ª Prova: 200m IM fem.

Atletas: Catarina Sousa, Lia Lima, Rafaela Santo

33ª Prova: 50m estilos fem.

Atletas: Maria Freitas, Catarina Sousa, N’hara Fernandes, Rafaela Santo

34ª Prova: 1500 m estilos masc.

Atleta: Djamel Pires

35ª Prova: Estafeta (4X100m IM) mista

Atletas: Salvador Gordo, Pedro Pinotes, Lia Lima, Catarina Sousa

Dia 16

36ª Prova: 200m mariposa fem.

Atleta: Lia Lima

37ª Prova: 50m estilos masc.

Atletas: Daniel Francisco, Djamel Pires

38ª Prova: 200m costa fem.

Atleta: Catarina Sousa

39ª Prova: 200m IM masc.

Atletas: Pedro Pinotes, Henrique Mascarenhas, Salvador Gordo

40ª Prova: 1500m estilos fem.

Atleta: Rafaela Santo

41ª Prova: Estafeta (4x100m IM) fem.

Atletas: Catarina Sousa, Maria Freitas, Lia Lima, Rafaela Santo

42ª Prova: Estafeta (4x100m IM) masc.

Atletas: Salvador Gordo, Pedro Pinotes, Daniel Francisco, Henrique Mascarenhas.