Petro conquista Supertaça em andebol feminino

  • Petro de Luanda (Arquivo)
Luanda - O Petro de Luanda conquistou, este sábado, a Supertaça em andebol feminino época 2021/22, ao vencer a Academia do 1º de Agosto, por 28-17, em jogo disputado no pavilhão da Cidadela, na capital do país.

Trata-se do 11º troféu da prova de abertura oficial da temporada ganho pelas petrolíferas, que destronam o 1º de Agosto vencedor em 2019.

O jogo teve um início equilibrado até que aos 20 minutos as “tricolores” conseguiram fugir no placar e consolidar uma diferença de cinco golos, tendo saído para o intervalo com favoráveis 15-10.

Na segunda parte, as comandadas de Vivaldo Eduardo fizeram valer seu poderio físico e técnico-competitivo ante a um adversário que, ao longo do tempo, ia demonstrando alguma fragilidade defensiva.

Vilma Nenganga, Tchieza Pemba, Natália Kamalandua e companheiras não deram hipóteses as “agostinas”, pelo que a sete minutos para o final da partida tinham já diferença de dez golos (25-15).

Daí em diante houve alguma ansiedade de ambos os lados e falharam-se vários lances, tendo o Petro marcado somente três golos e a Academia dois.

A Supertaça não se realizou em 2020 devido à pandemia da Covid-19.

 

 

Trata-se do 11º troféu da prova de abertura oficial da temporada ganho pelas petrolíferas, que destronam o 1º de Agosto vencedor em 2019.

O jogo teve um início equilibrado até que aos 20 minutos as “tricolores” conseguiram fugir no placar e consolidar uma diferença de cinco golos, tendo saído para o intervalo com favoráveis 15-10.

Na segunda parte, as comandadas de Vivaldo Eduardo fizeram valer seu poderio físico e técnico-competitivo ante a um adversário que, ao longo do tempo, ia demonstrando alguma fragilidade defensiva.

Vilma Nenganga, Tchieza Pemba, Natália Kamalandua e companheiras não deram hipóteses as “agostinas”, pelo que a sete minutos para o final da partida tinham já diferença de dez golos (25-15).

Daí em diante houve alguma ansiedade de ambos os lados e falharam-se vários lances, tendo o Petro marcado somente três golos e a Academia dois.

A Supertaça não se realizou em 2020 devido à pandemia da Covid-19.