Petro procura primeiro triunfo na Liga africana

  • Petro vice líder do Girabola à condição
Luanda  - O Petro de Luanda vai procurar alcançar a primeira vitória na presente edição da Liga dos Clubes Campeões Africanos em futebol, quando receber sábado, no Estádio 11 de Novembro, na capital do país, o Horoya da Guiné-Conacry, em jogo da quinta jornada do grupo C.

O único representante angolano nas afrotaças ocupa a quarta e última posição da série, com apenas um ponto, e somente o triunfo serve para continuar a pensar no apuramento aos quartos-de-final, seu principal objectivo na prova.

Numa competição em que a equipa não marcou qualquer golo, Bodunha e comandados estão cientes das dificuldades a encontrar, mas, a jogarem em casa, prometem tudo fazer no sentido de quebrar o “jejum” que dura há quatro jornadas.

No entanto, a “onda” de lesões com que se debate o grupo constitui grande preocupação para o técnico, uma vez que somente horas antes da partida poderá definir o grupo.

De acordo com o treinador, a indicação do 11 inicial está ainda pendente ao que decidirá o corpo clínico quanto aos vários atletas lesionados, cujos nomes não precisou.    

O Horoya ocupa a segunda posição com cinco pontos, os mesmos que o Kayzer Chiefs da África do Sul, no terceiro posto, no grupo liderado pelo Wydad Casablanca do Marrocos com 10.

Para a mesma jornada, jogarão, em Joanesburgo, Kayzer Chiefs-Wydad.

Os dois primeiros apuram-se aos quartos-de-final.

O único representante angolano nas afrotaças ocupa a quarta e última posição da série, com apenas um ponto, e somente o triunfo serve para continuar a pensar no apuramento aos quartos-de-final, seu principal objectivo na prova.

Numa competição em que a equipa não marcou qualquer golo, Bodunha e comandados estão cientes das dificuldades a encontrar, mas, a jogarem em casa, prometem tudo fazer no sentido de quebrar o “jejum” que dura há quatro jornadas.

No entanto, a “onda” de lesões com que se debate o grupo constitui grande preocupação para o técnico, uma vez que somente horas antes da partida poderá definir o grupo.

De acordo com o treinador, a indicação do 11 inicial está ainda pendente ao que decidirá o corpo clínico quanto aos vários atletas lesionados, cujos nomes não precisou.    

O Horoya ocupa a segunda posição com cinco pontos, os mesmos que o Kayzer Chiefs da África do Sul, no terceiro posto, no grupo liderado pelo Wydad Casablanca do Marrocos com 10.

Para a mesma jornada, jogarão, em Joanesburgo, Kayzer Chiefs-Wydad.

Os dois primeiros apuram-se aos quartos-de-final.