Petro derrota AS Police na estreia da BAL League

  • Basquetebolistas do Petro(Arquivo)
Luanda – O Petro de Luanda estreou-se com vitória na Liga Africana de Basquetebol (BAL, sigla em inglês) ao vencer, nesta terça-feira, o AS Police do Mali, por 84-66, em jogo da primeira jornada do grupo B, disputado no Arena de Kigali.

A formação angolana entrou a pressionar com Valdelício Joaquim a concretizar três triplos consecutivos, terminando o desafio com 16 pontos, superado apenas por Jone Pedro, disitinguido como o homem do jogo (MVP).

Os angolanos chegaram a acumular uma vantagem de 20 pontos sobre os malianos no final do primeiro período (29-09). Nesta altura o poste Valdelício Joaquim era o melhor cestinha com 9 pontos convertidos.

No prosseguimento, o técnico brasileiro José Neto alterou o cinco inicial, colocando na quadra Gerson Domingos, além dos recuperados Leonel Paulo e Olímpio Cipriano, que se juntaram a Carlos Morais e Jone Pedro.

Com esta alteração, os petrolíferos perderam poder ofensivo e marcaram apenas 20 pontos contra 28 do adversário.

Apesar da desvantagem no parcial, o campeão angolano conseguiu controlar a marcha do marcador e manter a superioridade ao intervalo, por 49-37.

No  terceiro quarto, o Petro voltou a dominar ao vencer por 70-45, com vantagem igualmente no parcial de 21-8.

Os malianos até tornaram a liderar no parcial (21-14) no último período, mas insuficiente para evitar a derrota na ronda inaugural, por 84-66.

Jone Pedro com 17 pontos, igual número de ressaltos, quatro assistências e Valdelício Joaquim com 16 pontos e cinco ressaltos foram os melhores "cestinhas", enquanto o Mamadou Keita  liderou a estatística do clube maliano, com 19 pontos e um ressalto.

Ainda hoje, para a mesma série (B), o As Salé do Marrocos venceu o FAP do Camarões por 87-84, quando ao intervalo perdia por 33-42.

O Petro  volta a jogar na quinta-feira diante do FAP do Camarões, às 13 horas, ao passo que  o AS Police do Mali defronta o As Salé do Marrocos, às 20  horas, no mesmo recinto.

A prova prossegue na quarta-feira com os seguintes jogos da segunda jornada:

Gendarmerie Nationale Basketball Club do Madagáscar - Patriots Basketball Club do Rwanda, 13h00, no pavilhão Arena de Kigali (grupo A)

Ferroviário de Maputo- Association Sportives des Douanes do Senegal, 16h30, no Arena de Kigali (grupo C)

Zamalek do Egipto - Groupement Sportif des Pétroliers da Argélia, 20h00, no Arena de Kigali (grupo C)

A formação angolana entrou a pressionar com Valdelício Joaquim a concretizar três triplos consecutivos, terminando o desafio com 16 pontos, superado apenas por Jone Pedro, disitinguido como o homem do jogo (MVP).

Os angolanos chegaram a acumular uma vantagem de 20 pontos sobre os malianos no final do primeiro período (29-09). Nesta altura o poste Valdelício Joaquim era o melhor cestinha com 9 pontos convertidos.

No prosseguimento, o técnico brasileiro José Neto alterou o cinco inicial, colocando na quadra Gerson Domingos, além dos recuperados Leonel Paulo e Olímpio Cipriano, que se juntaram a Carlos Morais e Jone Pedro.

Com esta alteração, os petrolíferos perderam poder ofensivo e marcaram apenas 20 pontos contra 28 do adversário.

Apesar da desvantagem no parcial, o campeão angolano conseguiu controlar a marcha do marcador e manter a superioridade ao intervalo, por 49-37.

No  terceiro quarto, o Petro voltou a dominar ao vencer por 70-45, com vantagem igualmente no parcial de 21-8.

Os malianos até tornaram a liderar no parcial (21-14) no último período, mas insuficiente para evitar a derrota na ronda inaugural, por 84-66.

Jone Pedro com 17 pontos, igual número de ressaltos, quatro assistências e Valdelício Joaquim com 16 pontos e cinco ressaltos foram os melhores "cestinhas", enquanto o Mamadou Keita  liderou a estatística do clube maliano, com 19 pontos e um ressalto.

Ainda hoje, para a mesma série (B), o As Salé do Marrocos venceu o FAP do Camarões por 87-84, quando ao intervalo perdia por 33-42.

O Petro  volta a jogar na quinta-feira diante do FAP do Camarões, às 13 horas, ao passo que  o AS Police do Mali defronta o As Salé do Marrocos, às 20  horas, no mesmo recinto.

A prova prossegue na quarta-feira com os seguintes jogos da segunda jornada:

Gendarmerie Nationale Basketball Club do Madagáscar - Patriots Basketball Club do Rwanda, 13h00, no pavilhão Arena de Kigali (grupo A)

Ferroviário de Maputo- Association Sportives des Douanes do Senegal, 16h30, no Arena de Kigali (grupo C)

Zamalek do Egipto - Groupement Sportif des Pétroliers da Argélia, 20h00, no Arena de Kigali (grupo C)