Desporto em Luanda mantém-se à porta fechada

  • Desaproveitamento das infra-estruturas dificultam desenvolvimento
Luanda - Os jogos federados em Luanda continuarão sendo disputados em recintos à porta fechada, ao passo que nas outras províncias com dez por cento da capacidade dos espaços, até ao dia 08 de Junho próximo.

De acordo com o Decreto Presidencial sobre a Situação de Calamidade Pública, divulgado sábado, a vigorar a partir de segunda-feira (10), os recintos desportivos na capital angolana se manterão fechados ao público, orientação que já vigorava desde a actualização anterior, em Abril, fruto do aumento de casos da Covid -19.

O novo diploma, que deverá vigorar por um período de 30 dias, realça a obrigatoriedade na observância das regras de biossegurança e do distanciamento físico nos recintos com dez por cento de espectadores nas províncias que não Luanda.

Os ginásios em espaços abertos estão autorizados a funcionar com 25 por cento da capacidade em Luanda e 50 por cento fora dela.

Os treinos individuais também continuam autorizados, com um ajuntamento máximo de cinco pessoas, cumprindo com o distanciamento físico.

Todos os movimentos federados continuam autorizados, mediante o cumprimento do protocolo desportivo sobre à pandemia.

De acordo com o Decreto Presidencial sobre a Situação de Calamidade Pública, divulgado sábado, a vigorar a partir de segunda-feira (10), os recintos desportivos na capital angolana se manterão fechados ao público, orientação que já vigorava desde a actualização anterior, em Abril, fruto do aumento de casos da Covid -19.

O novo diploma, que deverá vigorar por um período de 30 dias, realça a obrigatoriedade na observância das regras de biossegurança e do distanciamento físico nos recintos com dez por cento de espectadores nas províncias que não Luanda.

Os ginásios em espaços abertos estão autorizados a funcionar com 25 por cento da capacidade em Luanda e 50 por cento fora dela.

Os treinos individuais também continuam autorizados, com um ajuntamento máximo de cinco pessoas, cumprindo com o distanciamento físico.

Todos os movimentos federados continuam autorizados, mediante o cumprimento do protocolo desportivo sobre à pandemia.