PR augura 2021 com público nos recintos desportivos

  • Presidente da República, João Lourenço
Luanda - O Presidente da República, João Lourenço, afirmou quinta-feira, em Luanda, esperar que 2021 seja o ano do regresso às actividades desportivas e culturais com a presença do público.

Numa mensagem à Nação por ocasião do fim do ano, em que augurou, também, a retoma económica, dos vôos comerciais internacionais de passageiros, a reabertura e revitalização do turismo, João Lourenço exprimiu o desejo de que a epidemia da Covid-19 passe a pertencer ao passado, com o final de 2020.

O Chefe do Executivo angolano espera pelo regresso a uma situação muito próxima da considerada normal, mas alertou para as medidas de biossegurança como o distanciamento social, o uso permanente e correcto da máscara, a higienização das mãos e evitar aglomerações.

Após a suspensão das actividades desportivas em Março do ano passado, devido ao novo coronavirus, o Decreto sobre a Situação de Calamidade Pública autorizou os treinos e as actividades desportivas federadas a partir de 27 de Junho, à porta fechada.

A presença de espectadores em competições e treinos desportivos está sujeita a regulamentação própria, aprovada pelo titular do departamento ministerial competente (Ministério da Juventude e Desportos).

Neste âmbito, na última etapa do ano findo foram realizadas competições de basquetebol (Torneio de Natal) e de futebol, sendo o primeiro designado “Trumuno Fora de Época”, organizado pela empresa Macro Sport, e a outra pelo Recreativo do Libolo.

O Campeonato Nacional de futebol da primeira divisão (Girabola2020/21) iniciou no último dia 26 de Dezembro.

O Petro de Luanda e o 1.º de Agosto concorrem nas eliminatórias de cesso à Liga dos Clubes Campeões, enquanto o Sagrada Esperança da Lunda Norte e o FC Bravos do Moxico evoluem na Taça da Confederação.

Ao nível da modalidade de andebol, a Selecção Nacional sénior masculina estagia na província Huíla, com vista a participação no Campeonato do Mundo, neste mês de Janeiro, no Egipto.

Numa mensagem à Nação por ocasião do fim do ano, em que augurou, também, a retoma económica, dos vôos comerciais internacionais de passageiros, a reabertura e revitalização do turismo, João Lourenço exprimiu o desejo de que a epidemia da Covid-19 passe a pertencer ao passado, com o final de 2020.

O Chefe do Executivo angolano espera pelo regresso a uma situação muito próxima da considerada normal, mas alertou para as medidas de biossegurança como o distanciamento social, o uso permanente e correcto da máscara, a higienização das mãos e evitar aglomerações.

Após a suspensão das actividades desportivas em Março do ano passado, devido ao novo coronavirus, o Decreto sobre a Situação de Calamidade Pública autorizou os treinos e as actividades desportivas federadas a partir de 27 de Junho, à porta fechada.

A presença de espectadores em competições e treinos desportivos está sujeita a regulamentação própria, aprovada pelo titular do departamento ministerial competente (Ministério da Juventude e Desportos).

Neste âmbito, na última etapa do ano findo foram realizadas competições de basquetebol (Torneio de Natal) e de futebol, sendo o primeiro designado “Trumuno Fora de Época”, organizado pela empresa Macro Sport, e a outra pelo Recreativo do Libolo.

O Campeonato Nacional de futebol da primeira divisão (Girabola2020/21) iniciou no último dia 26 de Dezembro.

O Petro de Luanda e o 1.º de Agosto concorrem nas eliminatórias de cesso à Liga dos Clubes Campeões, enquanto o Sagrada Esperança da Lunda Norte e o FC Bravos do Moxico evoluem na Taça da Confederação.

Ao nível da modalidade de andebol, a Selecção Nacional sénior masculina estagia na província Huíla, com vista a participação no Campeonato do Mundo, neste mês de Janeiro, no Egipto.