Provas de natação contarão com cronómetros automáticos

  • Pormenor de uma prova de natação (Arquivo)
Luanda - As competições sob a égide da Federação Angolana de Natação (FAN) serão controladas por cronómetros automáticos, a partir da época de 2021/2022, ao contrário dos actuais aparelhos manuais.

A integração do aparelho moderno móvel, no sistema competitivo nacional, visa aumentar a imparcialidade no controlo da marca dos atletas para evitar eventuais falhas no registo dos tempos, segundo o presidente da Federação Angolana de Natação, Joaquim dos Santos.

Durante a competição, o cronómetro electrónico é accionado pelo juiz da partida e depois pelo atleta tão logo termina a prova para o registo da sua marca, ao contrário do cronómetro manual e semi-automático utilizados localmente que isenta a presença do despoertista no seu manuseio.

De acordo com a fonte da ANGOP, os sufosticados aparelhos serão utilizados em simultâneo com os manuais para contrapor eventuais falhas dos aparelhos electrónicos.

 A época de 2021/22 na FAN inicia em Setembro.

A integração do aparelho moderno móvel, no sistema competitivo nacional, visa aumentar a imparcialidade no controlo da marca dos atletas para evitar eventuais falhas no registo dos tempos, segundo o presidente da Federação Angolana de Natação, Joaquim dos Santos.

Durante a competição, o cronómetro electrónico é accionado pelo juiz da partida e depois pelo atleta tão logo termina a prova para o registo da sua marca, ao contrário do cronómetro manual e semi-automático utilizados localmente que isenta a presença do despoertista no seu manuseio.

De acordo com a fonte da ANGOP, os sufosticados aparelhos serão utilizados em simultâneo com os manuais para contrapor eventuais falhas dos aparelhos electrónicos.

 A época de 2021/22 na FAN inicia em Setembro.