Santa Rita sobe um degrau com golo de Shoma

  • Treinador do Santa Rita de Cássia, João Fortuna
Luanda – Com golo acrobático de Shoma, aos 90+1, o Santa Rita de Cássia venceu o Desportivo da Huíla, por 1-0, e ascendeu de 15º para 14º colocado do Campeonato Nacional de futebol (Girabola2020/21) agora com 21 pontos.

Disputada no Estádio 4 de Janeiro, no Uíge, para o complemento da 24ª jornada, a partida foi marcada pelo equilíbrio, pelo que um empate não ficaria desajustado em função do volume de jogo produzido por estas duas formações.

Com a derrota, o Desportivo da Huíla se mantém na nona posição com 27 pts. 

Na última partida do dia, o Wiliete de Benguela e Ferrovia do Huambo empataram sem golos, no Estádio Nacional de Ombaka, resultado que não altera em nada o posicionamento das respectivas equipas na classsificação.

O Wiliete mantém-se na sétima posição agora com 31 pontos, tal como o Ferrovia em último (16º) com 10 pts.  

Sábado, o Petro de Luanda ascendeu de terceiro para primeiro colocado com 54 pontos, após vitória expressiva sobre o1º de Agosto, por 3-0, em desafio decorrido no Estádio 11 de Novembro.

Com a derrota, os “militares” caíram para terceiros com 51 pontos.

Já o Sagrada Esperança da Lunda Norte ascendeu à segunda posição da competição, com 52 pontos, ao vencer a Baixa de Cassanje, em Malanje, por 3-1.

No mesmo dia, o Interclube empatou a uma bola com o Cuando Cubango FC, no Estádio 22 Junho, em Luanda, mantendo-se na quinta posição, agora com 40 pontos, enquanto o oponente ocupa a 13ª posição com 22.

Com 35 pontos, no sexto posto, o Recreativo da Caála venceu, no estádio do Tafe, o Sporting de Cabinda, por 1-0.

Com a derrota, a formação de Cabinda é a 12ª da tabela classificativa com 23 pts.

O Progresso Sambizanga empatou sem golos com a Académica do Lobito, no Estádio dos Coqueiros, na capital angolana, e mantém-se no 11º posto, actualmente com 24 pontos. Os "académicos" figuram na 8ª posição com 29.

Devidos os casos de Covid -19 no Recreativo do Libolo, fica adiado o confronto entre esta formação e o FC Bravos do Maquis.

 

 

Disputada no Estádio 4 de Janeiro, no Uíge, para o complemento da 24ª jornada, a partida foi marcada pelo equilíbrio, pelo que um empate não ficaria desajustado em função do volume de jogo produzido por estas duas formações.

Com a derrota, o Desportivo da Huíla se mantém na nona posição com 27 pts. 

Na última partida do dia, o Wiliete de Benguela e Ferrovia do Huambo empataram sem golos, no Estádio Nacional de Ombaka, resultado que não altera em nada o posicionamento das respectivas equipas na classsificação.

O Wiliete mantém-se na sétima posição agora com 31 pontos, tal como o Ferrovia em último (16º) com 10 pts.  

Sábado, o Petro de Luanda ascendeu de terceiro para primeiro colocado com 54 pontos, após vitória expressiva sobre o1º de Agosto, por 3-0, em desafio decorrido no Estádio 11 de Novembro.

Com a derrota, os “militares” caíram para terceiros com 51 pontos.

Já o Sagrada Esperança da Lunda Norte ascendeu à segunda posição da competição, com 52 pontos, ao vencer a Baixa de Cassanje, em Malanje, por 3-1.

No mesmo dia, o Interclube empatou a uma bola com o Cuando Cubango FC, no Estádio 22 Junho, em Luanda, mantendo-se na quinta posição, agora com 40 pontos, enquanto o oponente ocupa a 13ª posição com 22.

Com 35 pontos, no sexto posto, o Recreativo da Caála venceu, no estádio do Tafe, o Sporting de Cabinda, por 1-0.

Com a derrota, a formação de Cabinda é a 12ª da tabela classificativa com 23 pts.

O Progresso Sambizanga empatou sem golos com a Académica do Lobito, no Estádio dos Coqueiros, na capital angolana, e mantém-se no 11º posto, actualmente com 24 pontos. Os "académicos" figuram na 8ª posição com 29.

Devidos os casos de Covid -19 no Recreativo do Libolo, fica adiado o confronto entre esta formação e o FC Bravos do Maquis.