Sílvio de Sousa na última fase qualificativa ao Afrobasket

  • Selecção nacional sénior masculina de basquetebol(arquivo)
Luanda – Sílvio de Sousa é a grande novidade, enquanto Olímpio Cipriano a ausência de realce da convocatória da selecção nacional de basquetebol para a terceira e última janela de apuramento ao Campeonato Africano "Afrobasket 2021", a disputar-se de 19 a 21 de Fevereiro, em Yaoundé, Camarões.

O ex-jogador da Universidade de Kansas, que actualmente trabalha sob comando de um técnico particular, responde a um processo judicial em que é acusado de agressão a um cidadão norte-americano em 2019.

É a primeira vez que o extremo - poste, formado no 1º de Agosto, é convocado para as eliminatórias qualificativas ao evento a disputar-se nos Camarões.

Já o extremo - poste Olímpio Cipriano não consta entre os eleitos, segundo a convocatória da Federação Angolana de Basquetebol a que a ANGOP teve acesso, nesta segunda-feira, na capital do país. O atleta do Petro de Luanda foi regular ao longo da campanha.

Nesta derradeira fase qualificativa, os hendecampeões africanos figuram no grupo B com o Senegal, Quénia e Moçambique.

O combinado nacional estreia-se no dia 19 de Fevereiro diante de Moçambique, no dia seguinte defronta o Quénia, e encerra a campanha a 21, frente ao Senegal.

Convocatória:

Bases - Gerson Domingos,Hermenegildo Santos (1º de Agosto) e Childe Dundão (Petro de Luanda)

Extremo - base - Pedro Bastos, Jaques Conceição (1º de Agosto), Carlos Morais, Gerson Gonçalves (Petro de Luanda)

Extremo - José António, Leonel Paulo (Petro de Luanda), Mohamed Malick (1º de Agosto), Milton Valente e Wilson Ambrósio (1º de Agosto - academia)

Extremo - poste - Alexandre Jungo (Interclube), Melvyn Silva, Aboubakar Gakou (Petro de Luanda) e Sílvio de Sousa (sem clube)

Poste – Yanick Moreira (AEK da Grécia), Valdelício Joaquim, Jone Pedro (Petro de Luanda) e Jilson Bango (1º de Agosto)

Equipa técnica:

José Neto (técnico principal), Anibal Moreira e Ricardo Rodrigues (adjuntos), Diego Falção (preparador físico), Valdevino Miranda  (médico), António S. Manuel, Alexandre Afonso (fisioterapeutas), Pova Francisco (seccionista), António Manuel e Nuno Teixeira  (coordenadores)

 

O ex-jogador da Universidade de Kansas, que actualmente trabalha sob comando de um técnico particular, responde a um processo judicial em que é acusado de agressão a um cidadão norte-americano em 2019.

É a primeira vez que o extremo - poste, formado no 1º de Agosto, é convocado para as eliminatórias qualificativas ao evento a disputar-se nos Camarões.

Já o extremo - poste Olímpio Cipriano não consta entre os eleitos, segundo a convocatória da Federação Angolana de Basquetebol a que a ANGOP teve acesso, nesta segunda-feira, na capital do país. O atleta do Petro de Luanda foi regular ao longo da campanha.

Nesta derradeira fase qualificativa, os hendecampeões africanos figuram no grupo B com o Senegal, Quénia e Moçambique.

O combinado nacional estreia-se no dia 19 de Fevereiro diante de Moçambique, no dia seguinte defronta o Quénia, e encerra a campanha a 21, frente ao Senegal.

Convocatória:

Bases - Gerson Domingos,Hermenegildo Santos (1º de Agosto) e Childe Dundão (Petro de Luanda)

Extremo - base - Pedro Bastos, Jaques Conceição (1º de Agosto), Carlos Morais, Gerson Gonçalves (Petro de Luanda)

Extremo - José António, Leonel Paulo (Petro de Luanda), Mohamed Malick (1º de Agosto), Milton Valente e Wilson Ambrósio (1º de Agosto - academia)

Extremo - poste - Alexandre Jungo (Interclube), Melvyn Silva, Aboubakar Gakou (Petro de Luanda) e Sílvio de Sousa (sem clube)

Poste – Yanick Moreira (AEK da Grécia), Valdelício Joaquim, Jone Pedro (Petro de Luanda) e Jilson Bango (1º de Agosto)

Equipa técnica:

José Neto (técnico principal), Anibal Moreira e Ricardo Rodrigues (adjuntos), Diego Falção (preparador físico), Valdevino Miranda  (médico), António S. Manuel, Alexandre Afonso (fisioterapeutas), Pova Francisco (seccionista), António Manuel e Nuno Teixeira  (coordenadores)