Sporting de Cabinda pode confirmar estatuto de “tomba gigantes”

  • Dani Massunguna, capitão do 1º de Agosto
Luanda - O Sporting de Cabinda pode confirmar nesta segunda-feira o estatuto de “tomba gigantes” no campeonato nacional de futebol (Girabola2020-21), em caso de vitória ante o 1.º de Agosto, em jogo de complemento da 13. ª jornada.

Na partida, cujo palco é o estádio 11 de Novembro, em Luanda, às 17 horas, a formação do norte do país nem é de longe favorita perante o tetracampeão, mas nesta competição já ousou vencer outros grandes do futebol angolano.

Depois de terem desfeiteado o Interclube por 1-0, em pleno 22 de Junho, em desafio da 7 ª ronda, os “leoninos”, que geralmente lutam pela manutenção na prova, foram mais longe e venceram o Petro de Luanda, 15 vezes campeão, por 3-0, na 11. ª ronda, no estádio do Tafe.

Nivelados por baixo, o 1.º de Agosto ocupa o modesto 14.º lugar com 9 pontos e oito jogos em atraso, enquanto o opositor é o lanterna vermelha com 7pts e quatro partidas por disputar.

Em caso de vitória, o Sporting ascenderá para a 15. ª posição com 10 pontos, enquanto o 1.º de Agosto passará para 10.º posicionado com 12.  

Na edição anterior as duas equipas empataram a uma bola, no Tafe, na 14. ª jornada. O jogo da segunda volta, previsto para a 29. ª ronda, não se realizou devido o cancelamento do campeonato em consequência da Covid-19.

O Girabola é liderado pelo Petro de Luanda com 25 pontos, seguido do FC Bravos do Maquis com 23 e do Interclube com menos um.

Jogos já disputados da ronda

Sábado

Recreativo do Libolo – Interclube (0-0, em Calulo)

Baixa de Cassanje – Santa Rita de Cassia (2-0, 1.º de Maio)

Domingo

Sagrada Esperança – Recreativo da Caála (1-1, Dundo)

Bravos do Maquis – Wiliete (2-1, Mundunduleno)

Desportivo da Huíla – Progresso Sambizanga (0-1, Ferroviário)

Ferroviário do Huambo – Académica do Lobito (1-0, Kurikutelas)

Cuando Cubango FC – Petro de Luanda (0-2, Eucaliptos)

Na partida, cujo palco é o estádio 11 de Novembro, em Luanda, às 17 horas, a formação do norte do país nem é de longe favorita perante o tetracampeão, mas nesta competição já ousou vencer outros grandes do futebol angolano.

Depois de terem desfeiteado o Interclube por 1-0, em pleno 22 de Junho, em desafio da 7 ª ronda, os “leoninos”, que geralmente lutam pela manutenção na prova, foram mais longe e venceram o Petro de Luanda, 15 vezes campeão, por 3-0, na 11. ª ronda, no estádio do Tafe.

Nivelados por baixo, o 1.º de Agosto ocupa o modesto 14.º lugar com 9 pontos e oito jogos em atraso, enquanto o opositor é o lanterna vermelha com 7pts e quatro partidas por disputar.

Em caso de vitória, o Sporting ascenderá para a 15. ª posição com 10 pontos, enquanto o 1.º de Agosto passará para 10.º posicionado com 12.  

Na edição anterior as duas equipas empataram a uma bola, no Tafe, na 14. ª jornada. O jogo da segunda volta, previsto para a 29. ª ronda, não se realizou devido o cancelamento do campeonato em consequência da Covid-19.

O Girabola é liderado pelo Petro de Luanda com 25 pontos, seguido do FC Bravos do Maquis com 23 e do Interclube com menos um.

Jogos já disputados da ronda

Sábado

Recreativo do Libolo – Interclube (0-0, em Calulo)

Baixa de Cassanje – Santa Rita de Cassia (2-0, 1.º de Maio)

Domingo

Sagrada Esperança – Recreativo da Caála (1-1, Dundo)

Bravos do Maquis – Wiliete (2-1, Mundunduleno)

Desportivo da Huíla – Progresso Sambizanga (0-1, Ferroviário)

Ferroviário do Huambo – Académica do Lobito (1-0, Kurikutelas)

Cuando Cubango FC – Petro de Luanda (0-2, Eucaliptos)