Técnico identifica dificuldade ante Kaizer Chiefs

  • Paulo Duarte assume pré-acordo com Togo
Luanda - A diferença de estatura relativamente ao adversário, alguns com 1,87 e 1,90 metros será a grande dificuldade do 1.º de Agosto no jogo contra o Kaizer Chiefs da África do Sul, quarta-feira, em território sul-africano.

A constatação é do técnico principal do conjunto angolano, Paulo Duarte, em declarações à imprensa, em véspera da viagem para o palco do desafio, para a última eliminatória de acesso à fase de grupos da Liga de clubes Campeões de África.

Para contornar a baixa estatura dos seus atletas, o treinador, que se estreia pelo clube em competição do género, afirmou que treinou bolas paradas como opção, entre outros aspectos.

Paulo Duarte falou da falta de jogos do seu conjunto e de uma pré-época em que defrontou equipas possíveis, lembrando que o adversário leva já de 9 a 10 jogos no seu campeonato, enquanto no país a prova nacional ainda não teve início.

Apesar do quadro, o treinador luso não se coíbe, no entanto, de perspectivar um bom resultado, considerando que o desafio será difícil para as duas equipas.

Disse que vai defrontar um oponente de referência, mas que também não está no seu melhor momento desportivo, tendo em conta o seu actual posicionamento no campeonato local.

O capitão da equipa, Dani Massunguna, não viajou, por lesão.

A constatação é do técnico principal do conjunto angolano, Paulo Duarte, em declarações à imprensa, em véspera da viagem para o palco do desafio, para a última eliminatória de acesso à fase de grupos da Liga de clubes Campeões de África.

Para contornar a baixa estatura dos seus atletas, o treinador, que se estreia pelo clube em competição do género, afirmou que treinou bolas paradas como opção, entre outros aspectos.

Paulo Duarte falou da falta de jogos do seu conjunto e de uma pré-época em que defrontou equipas possíveis, lembrando que o adversário leva já de 9 a 10 jogos no seu campeonato, enquanto no país a prova nacional ainda não teve início.

Apesar do quadro, o treinador luso não se coíbe, no entanto, de perspectivar um bom resultado, considerando que o desafio será difícil para as duas equipas.

Disse que vai defrontar um oponente de referência, mas que também não está no seu melhor momento desportivo, tendo em conta o seu actual posicionamento no campeonato local.

O capitão da equipa, Dani Massunguna, não viajou, por lesão.