Victorino Cunha defende generalização do desporto escolar

  • Victorino Cunha defende aposta no desporto escolar
Luanda - O antigo treinador da selecção nacional masculina de basquetebol, Victorino Cunha, apontou a generalização do desporto escolar como único caminho para o desenvolvimento qualitativo deste seguimento social em Angola.

Reprovou a prática do desporto escolar apenas em Luanda, capital do país, acrescentando que a sua expansão por toda Angola permitiria maior massificação das várias modalidades, maior desenvolvimento e consequente retorno aos tempos áureos em termos de resultados.

Para o assessor do Ministério da Juventude e Desportos, a ausência de actividade desportiva regular nas instituições de ensino se deve, também, a falta de sensibilidade e capacidade de mobilização de quem lidera o sector nas restantes províncias.

Falando no programa a grande entrevista da Rádio Cinco (Canal Desportivo da Rádio Nacional de Angola -RNA) apelou, por isso, maior atenção ao desporto por parte das autoridades locais.

O tricampeão africano à frente da selecção nacional (1989, 1992 e 1993) afirmou ser igualmente necessário proporcionar melhores condições para quem trabalha com a formação, sem que os resultados sejam uma exigência imediata e se possa trabalhar na quantidade e extrair a qualidade.

Victorino Eugénio da Silva e Cunha nasceu a 18 de Abril de 1945, em Mogofores, Portugal. Mudou-se para Angola aos 03 anos de idade.

Em 1977, enquanto professor de educação física, foi contactado por oficiais da 9ª Brigada que treinavam futebol de salão na antiga Associação dos Estudantes de Coimbra, posteriormente CODENM, para organizar o andebol, voleibol e treinar a equipa de basquetebol sénior masculina do 1.º de Agosto.

Conquistou seis títulos nacionais pelo clube "militar", designadamente, nas edições de 1980/81, 84/85, 86/87, 87/88, 88/89 e 88/90 e três Taças de Angola (1983/84, 85/86 e 89/90).

Liderou a selecção nacional de basquetebol nos Campeonatos do Mundo Espanha´1986, Argentina´1990 e Canadá´1994.

Em 1992 orientou a selecção nos Jogos Olímpicos de Verão em Barcelona, Espanha, sendo que em Junho de 1987 sagrou-se campeão mundial de basquetebol "militar" nos jogos do Comité Desportivo dos Exércitos Amigos (SKDA), disputados em Luanda.

Reprovou a prática do desporto escolar apenas em Luanda, capital do país, acrescentando que a sua expansão por toda Angola permitiria maior massificação das várias modalidades, maior desenvolvimento e consequente retorno aos tempos áureos em termos de resultados.

Para o assessor do Ministério da Juventude e Desportos, a ausência de actividade desportiva regular nas instituições de ensino se deve, também, a falta de sensibilidade e capacidade de mobilização de quem lidera o sector nas restantes províncias.

Falando no programa a grande entrevista da Rádio Cinco (Canal Desportivo da Rádio Nacional de Angola -RNA) apelou, por isso, maior atenção ao desporto por parte das autoridades locais.

O tricampeão africano à frente da selecção nacional (1989, 1992 e 1993) afirmou ser igualmente necessário proporcionar melhores condições para quem trabalha com a formação, sem que os resultados sejam uma exigência imediata e se possa trabalhar na quantidade e extrair a qualidade.

Victorino Eugénio da Silva e Cunha nasceu a 18 de Abril de 1945, em Mogofores, Portugal. Mudou-se para Angola aos 03 anos de idade.

Em 1977, enquanto professor de educação física, foi contactado por oficiais da 9ª Brigada que treinavam futebol de salão na antiga Associação dos Estudantes de Coimbra, posteriormente CODENM, para organizar o andebol, voleibol e treinar a equipa de basquetebol sénior masculina do 1.º de Agosto.

Conquistou seis títulos nacionais pelo clube "militar", designadamente, nas edições de 1980/81, 84/85, 86/87, 87/88, 88/89 e 88/90 e três Taças de Angola (1983/84, 85/86 e 89/90).

Liderou a selecção nacional de basquetebol nos Campeonatos do Mundo Espanha´1986, Argentina´1990 e Canadá´1994.

Em 1992 orientou a selecção nos Jogos Olímpicos de Verão em Barcelona, Espanha, sendo que em Junho de 1987 sagrou-se campeão mundial de basquetebol "militar" nos jogos do Comité Desportivo dos Exércitos Amigos (SKDA), disputados em Luanda.