Banco Sol quer identificar novas oportunidades de negócio

Luanda – A directora de Marketing do Banco Sol, Mónica Aleixo, disse hoje, em Luanda, que essa instituição financeira quer identificar novas oportunidades de negócios no país, com a venda de produtos e serviços financeiros adequados ao perfil dos clientes.

A responsável, que falava a propósito da inauguração, no final de semana, da nova agência do banco no centro da capital, ressaltou que esta intenção está associada à alta qualidade e excelência no atendimento, reforçando, deste modo, a presença da instituição no mercado nacional.

Salientou pretenderem com o também Centro de Empresas, aberto por ocasião do vigésimo aniversário do SOL, fidelizar, captar novos clientes e sua cadeia de valor e dinamizar a sua acção comercial.

Explicou que essa agência, que gerou 14 novos postos de empregos, permitirá reforçar e melhorar o atendimento aos clientes, nos mais diversos segmentos, nomeadamente institucionais, grandes, médias e pequenas empresas, bem como clientes particulares e “Affluent” (ricos).

Referiu que esta nova unidade de atendimento tem como objectivo melhor servir os clientes, numa zona geograficamente bem localizada, de grande visibilidade e fácil acesso, bem como suprir as necessidades de vários clientes.

Com está agência, o Banco SOL conta agora com um total de 158 em todo o país.

De recordar que o banco reportou recentemente ter registado o triplo do seu capital social, passando de Kz 10,66 mil milhões, em 2019, para 30,66 mil milhões de kwanzas, em 2020, segundo o seu Relatório e Constas referente ao ano passado.

A responsável, que falava a propósito da inauguração, no final de semana, da nova agência do banco no centro da capital, ressaltou que esta intenção está associada à alta qualidade e excelência no atendimento, reforçando, deste modo, a presença da instituição no mercado nacional.

Salientou pretenderem com o também Centro de Empresas, aberto por ocasião do vigésimo aniversário do SOL, fidelizar, captar novos clientes e sua cadeia de valor e dinamizar a sua acção comercial.

Explicou que essa agência, que gerou 14 novos postos de empregos, permitirá reforçar e melhorar o atendimento aos clientes, nos mais diversos segmentos, nomeadamente institucionais, grandes, médias e pequenas empresas, bem como clientes particulares e “Affluent” (ricos).

Referiu que esta nova unidade de atendimento tem como objectivo melhor servir os clientes, numa zona geograficamente bem localizada, de grande visibilidade e fácil acesso, bem como suprir as necessidades de vários clientes.

Com está agência, o Banco SOL conta agora com um total de 158 em todo o país.

De recordar que o banco reportou recentemente ter registado o triplo do seu capital social, passando de Kz 10,66 mil milhões, em 2019, para 30,66 mil milhões de kwanzas, em 2020, segundo o seu Relatório e Constas referente ao ano passado.