BDA apoia cooperativas com crédito de 2,6 akz mil milhões

  • Investimento agro-industrial vai promover desenvolvimento da região leste do País
  • Embarcações de Pesca
Luanda- O Banco de Desenvolvimento de Angola (BDA) anunciou, nesta terça-feira, a aprovação de um financiamento de 2, 6 mil milhões de kwanzas para as cooperativas agrícolas e pesqueiras.

De acordo com uma nota da instituição bancária a que a Angop teve acesso,  o financiamento  resulta de 107 operações dos Comités de Crédito, que visa   apoiar às cooperativas, para impulsionar o aumento da produção nacional.

Os projectos aprovados, conforme o BDA, passam à fase de formalização para o consequente desembolso dos créditos.

O BDA já aprovou 322 projectos no âmbito da operacionalização das linhas de financiamento à produção nacional, enquadradas no programa de Alívio Económico.

Dos projectos de crédito aprovados, até ao momento, 207 projectos são para a compra de produção nacional (64,2%), 107 para apoio às cooperativas (33,2%) e 8 para importação de fertilizantes (2,6%).

Fiscalização do crédito

Por outro lado, dando resposta à necessidade de rigor e transparência ao actual momento económico do país, o BDA reforçou os seus procedimentos internos de acompanhamento e fiscalização dos créditos desembolsados.

Uma das inovações é a modernização tecnológica, que permite a fiscalização por geo-referenciação.

Entre os objectivo consta ainda o procedimento interno que permite também o alargamento de entidades fiscalizadoras externas idóneas, respondendo à necessidade de assegurar as garantias de execução com rigor e transparência de cada projecto, assim como do reforço no apoio técnico a sua execução.

De acordo com uma nota da instituição bancária a que a Angop teve acesso,  o financiamento  resulta de 107 operações dos Comités de Crédito, que visa   apoiar às cooperativas, para impulsionar o aumento da produção nacional.

Os projectos aprovados, conforme o BDA, passam à fase de formalização para o consequente desembolso dos créditos.

O BDA já aprovou 322 projectos no âmbito da operacionalização das linhas de financiamento à produção nacional, enquadradas no programa de Alívio Económico.

Dos projectos de crédito aprovados, até ao momento, 207 projectos são para a compra de produção nacional (64,2%), 107 para apoio às cooperativas (33,2%) e 8 para importação de fertilizantes (2,6%).

Fiscalização do crédito

Por outro lado, dando resposta à necessidade de rigor e transparência ao actual momento económico do país, o BDA reforçou os seus procedimentos internos de acompanhamento e fiscalização dos créditos desembolsados.

Uma das inovações é a modernização tecnológica, que permite a fiscalização por geo-referenciação.

Entre os objectivo consta ainda o procedimento interno que permite também o alargamento de entidades fiscalizadoras externas idóneas, respondendo à necessidade de assegurar as garantias de execução com rigor e transparência de cada projecto, assim como do reforço no apoio técnico a sua execução.