Projecto de Apoio à Pesca beneficia pescadores do Zenza do Gulungo

Caxito - Pescadores do sector sete da localidade do Zenza do Gulungo, comuna do Úcua, na província do Bengo, beneficiaram de 238 kits de pesca, no âmbito do projecto de Apoio à Pesca Artesanal e Aquicultura (AFAP).

O processo de entrega dos kits vai continuar até contemplar os sete sectores e oito conselhos comunitários de pesca (CCP) que compõem a comunidade do Zenza do Golungo.

Desenvolver a gestão da pesca de forma participativa e sustentável, com ligações de mercado apropriados,  que podem ser replicados em outras áreas de pesca artesanal no interior do país, é um dos objectivos deste projecto.

O projecto de Apoio a Pesca Artesanal e Aquicultura (AFAP), co-financiado pelo Governo de Angola e o Fundo das Nações Unidas para o Desenvolvimento Agrícola (FIDA), está a ser implementado na comunidade do Zenza do Golungo desde 2017, com várias acções tais como formações sobre a gestão pesqueira, a nutrição, a alfabetização, no intuito de reduzir a fome e a pobreza.

Em Agosto deste ano, o projecto beneficiou 63 pescadores, processadores e comerciantes de pescado da localidade do Zenza do Golungo com kits de pesca, de saneamento básico, de monitoria e de horta, composto por motobomba, mangueira de rega, regador manual, catanas, enxadas, ancinho e pulverizador.

O vice-governador para o sector Político, Social e Económico do Bengo, José Bartolomeu Pedro, recomendou aos beneficiários a conservação dos meios recebidos para garantir a sua durabilidade e deste modo permitir a continuidade da actividade piscatória, levando o peixe da lagoa do Zenza do Golungo à mesa de muitas famílias.

A localidade do Zenza do Golungo tem uma população estimada em quatro mil e 800 habitantes e dispõe de uma lagoa com uma extensão de aproximadamente 70 milhas náuticas (equivalente a 134 quilómetros).

 

O processo de entrega dos kits vai continuar até contemplar os sete sectores e oito conselhos comunitários de pesca (CCP) que compõem a comunidade do Zenza do Golungo.

Desenvolver a gestão da pesca de forma participativa e sustentável, com ligações de mercado apropriados,  que podem ser replicados em outras áreas de pesca artesanal no interior do país, é um dos objectivos deste projecto.

O projecto de Apoio a Pesca Artesanal e Aquicultura (AFAP), co-financiado pelo Governo de Angola e o Fundo das Nações Unidas para o Desenvolvimento Agrícola (FIDA), está a ser implementado na comunidade do Zenza do Golungo desde 2017, com várias acções tais como formações sobre a gestão pesqueira, a nutrição, a alfabetização, no intuito de reduzir a fome e a pobreza.

Em Agosto deste ano, o projecto beneficiou 63 pescadores, processadores e comerciantes de pescado da localidade do Zenza do Golungo com kits de pesca, de saneamento básico, de monitoria e de horta, composto por motobomba, mangueira de rega, regador manual, catanas, enxadas, ancinho e pulverizador.

O vice-governador para o sector Político, Social e Económico do Bengo, José Bartolomeu Pedro, recomendou aos beneficiários a conservação dos meios recebidos para garantir a sua durabilidade e deste modo permitir a continuidade da actividade piscatória, levando o peixe da lagoa do Zenza do Golungo à mesa de muitas famílias.

A localidade do Zenza do Golungo tem uma população estimada em quatro mil e 800 habitantes e dispõe de uma lagoa com uma extensão de aproximadamente 70 milhas náuticas (equivalente a 134 quilómetros).