Primeiros 425 apartamentos da Centralidade do Luena concluídos em Junho

  • Obras da centralidade da Lunda Sul
Luena – Os primeiros 425 apartamentos, de um total de três mil, da Centralidade do Luena (Moxico), recebem os seus moradores em Junho de 2021, altura em que se prevê terminar a construção da primeira fase.

A construção dos 425 apartamentos desta fase inicial, que recomeçou há um mês, decorre em paralelo com 48 lojas, estando a execução física na ordem de 50 por cento, soube, nesta terça-feira, à ANGOP, no local.

Pelo menos, 150 jovens conseguiram o seu emprego no projecto e estão a participar na construção dos edifícios de dois e quatro pisos, que comportam até oito apartamentos, além de posto médico, escolas de 12 salas, centro infantil, áreas de lazer, entre outros.

Construído a oeste da cidade do Luena, na centralidade está prevista, também, a construção de sistemas de abastecimento de água potável, de tratamento de águas residuais, de fornecimento de energia eléctrica e acesso viário.

O primeiro secretário nacional da JMPLA, braço juvenil do MPLA, Crispiniano dos Santos, em visita de 48 horas ao Moxico, constatou o andamento das obras, tendo encorajado o empreiteiro a executar os trabalhos com qualidade, bem como respeitar os prazos estabelecidos.

O líder juvenil acredita que a entrada em funcionamento do empreendimento vai colmatar as necessidades habitacionais na província e satisfazer a ânsia da juventude em adquirir a residência própria.

A construção dos 425 apartamentos desta fase inicial, que recomeçou há um mês, decorre em paralelo com 48 lojas, estando a execução física na ordem de 50 por cento, soube, nesta terça-feira, à ANGOP, no local.

Pelo menos, 150 jovens conseguiram o seu emprego no projecto e estão a participar na construção dos edifícios de dois e quatro pisos, que comportam até oito apartamentos, além de posto médico, escolas de 12 salas, centro infantil, áreas de lazer, entre outros.

Construído a oeste da cidade do Luena, na centralidade está prevista, também, a construção de sistemas de abastecimento de água potável, de tratamento de águas residuais, de fornecimento de energia eléctrica e acesso viário.

O primeiro secretário nacional da JMPLA, braço juvenil do MPLA, Crispiniano dos Santos, em visita de 48 horas ao Moxico, constatou o andamento das obras, tendo encorajado o empreiteiro a executar os trabalhos com qualidade, bem como respeitar os prazos estabelecidos.

O líder juvenil acredita que a entrada em funcionamento do empreendimento vai colmatar as necessidades habitacionais na província e satisfazer a ânsia da juventude em adquirir a residência própria.