Vias do Cazengo beneficiam de obras de melhoramento

Ndalatando - As vias do interior do município do Cazengo, província do Cuanza Norte, estão a beneficiar, a partir de hoje, de obras de terraplanagem, no âmbito de um projecto de melhoria da circulação rodoviária na localidade.

Trata-se dos troços rodoviários Kissecula/Desvio de Catari/Zavula/Catamba, num percurso de 13 quilómetros, na Estrada Nacional 230/localidade do Luínha, com 18, 96 quilómetros e na localidade do Quilometro 10/Camoma/Mbungue, com 11 quilómetros.

Os trabalhos desses troços, num total de 43 quilómetros, serão executados num período de três meses e estão avaliados em 66 milhões, 939 mil kwanzas.

As obras incluem ainda a desmatação das bermas, construção de passagens hidráulica e valas de drenagem e estão a cargo das empresas Massaquin.

O administrador municipal do Cazengo, Malundo Fausto Congo Catessamo, disse, no acto de consignação das empreitadas, que a reabilitação dessas vias, algumas das quais intransitáveis há alguns anos, vai impulsionar à prática da agricultura na região.

Salientou que a acção visa o melhoramento das vias para facilitar o escoamento da produção do campo para os principais centros consumidores.

As empreitadas são financiadas com o dinheiro proveniente do Programa de Combate à Pobreza.

Cazengo, município sede do Cuanza Norte, compreende uma comuna, Canhoca e os sectores administrativos do Zavula e Zanga.

O município, cuja sede é Ndalatando, que é igualmente a capital da província do Cuanza Norte, é habitado por 171 mil 743 habitantes, segundo o censo geral da população de 2014.

A agricultura constitui a principal actividade na região.

 

 

Trata-se dos troços rodoviários Kissecula/Desvio de Catari/Zavula/Catamba, num percurso de 13 quilómetros, na Estrada Nacional 230/localidade do Luínha, com 18, 96 quilómetros e na localidade do Quilometro 10/Camoma/Mbungue, com 11 quilómetros.

Os trabalhos desses troços, num total de 43 quilómetros, serão executados num período de três meses e estão avaliados em 66 milhões, 939 mil kwanzas.

As obras incluem ainda a desmatação das bermas, construção de passagens hidráulica e valas de drenagem e estão a cargo das empresas Massaquin.

O administrador municipal do Cazengo, Malundo Fausto Congo Catessamo, disse, no acto de consignação das empreitadas, que a reabilitação dessas vias, algumas das quais intransitáveis há alguns anos, vai impulsionar à prática da agricultura na região.

Salientou que a acção visa o melhoramento das vias para facilitar o escoamento da produção do campo para os principais centros consumidores.

As empreitadas são financiadas com o dinheiro proveniente do Programa de Combate à Pobreza.

Cazengo, município sede do Cuanza Norte, compreende uma comuna, Canhoca e os sectores administrativos do Zavula e Zanga.

O município, cuja sede é Ndalatando, que é igualmente a capital da província do Cuanza Norte, é habitado por 171 mil 743 habitantes, segundo o censo geral da população de 2014.

A agricultura constitui a principal actividade na região.