ENDE lança novo serviço de pagamento via TPA

  • Vista parcial da Marginal de Luanda
Luanda - A Empresa Nacional de Distribuição de Electricidade, (ENDE-EP ) lançou, nesta sexta-feira, em Luanda, um novo serviço de pagamento do consumo de energia eléctrica do sistema pós-pago, através dos terminais de pagamento automático (TPA), disseminadas na rede do comércio geral.

Dados estatísticos demonstram a tendência crescente da procura a nova modalidade de pagamento no sistema pré-pago. Até Fevereiro, havia um registo em termos de adesão de 37,3%, números que cresceram exponencialmente para 62,6%, até Outubro.

Por seu turno, o segmento pós-pago foi o que registou maior incremento, com uma variação de 3,99% a 96,1% no mesmo período em referência.

De acordo com uma nota de imprensa a que  Angop teve acesso,  a campanha comercial, inserida na estratégia da empresa para a modernização e inovação dos canais de atendimento e pagamento não presenciais, visa oferecer aos clientes e utentes, de modo geral, um serviço cada vez com maior comodidade que facilite a vida e proporcione conforto as pessoas, gerando autonomia e evitando deslocações desnecessárias ou aturar filas de espera para aceder aos tradicionais balcões.

A propósito do lançamento do serviço, o presidente do conselho de administração da ENDE, Hélder de Jesus Garcia Adão, referiu que o novo serviço que hoje é disponibilizado na rede de comércio geral e resulta da necessidade de uma nova abordagem de maior proximidade aos clientes, que neste tempo da pandemia Covid-19 não precisarão deixar o conforto das suas casas, nem tão pouco dos seus bairros para pagar o consumo de energia eléctrica.

“Além disso, é nossa meta que no futuro próximo os canais não presenciais se tornem na primeira opção dos clientes, facto que vai desafogar as lojas, permitindo, desta feita, estarem mais focadas em outras tarefas, por exemplo, contratação, facturação, refacturação“, sublinhou.

Esclareceu que o sector está a trabalhar afincadamente para que o serviço seja uma realidade, mormente com a campanha de actualização da base de dados.

Refira-se que o comerciante reberá uma comissão por cada factura ENDE que cobrar, por isso traz benefícios adicionais para os logistas, muitos deles espalhados pelas periferias.

Para o efeito, bastará que o cliente traga consigo a referência da factura a pagar, sendo que não se deverá pagar além do valor estipulado na factura.

Face a situação pandémica que assola o mundo, pretende-se com a oferta do novo serviço descongestionar as lojas, permitindo mais escolhas na forma de pagamento, aumentar a arrecadação de receitas e contribuir para a estratégia do governo que consiste em reduzir a circulação de avultadas somas de dinheiro sonante.

A plataforma de serviços não presenciais conta actualmente com quatro canais, nomeadamente, ATM, Multicaixa Express, Internet Banking e agora os terminais TPA.