FADA com linha de crédito de Kz 15 mil milhões para agropecuária

  • Kwanza, moeda angolana
Luena - O Fundo de Apoio ao Desenvolvimento Agrário (FADA) tem uma linha de crédito de 15 mil milhões de kwanzas para financiar às explorações agropecuárias familiares, com taxa de juros não superior a três por cento.

 A informação é do director do Gabinete de Gestão de Activos do FADA, Adilson Tomé, passada esta segunda-feira, no Luena, província do Moxico, durante um encontro com empreendedores locais, que visou divulgar os planos, projectos e linhas de financiamento para a juventude.

Segundo o responsável, que explicou que o objectivo da iniciativa é o de empoderar os jovens a partir do referido financiamento, o período de reembolso e de carência é ajustado ao ciclo de produção, ou seja, o produto, com curto ciclo, tem, igualmente, um reembolso conforme o período produtivo.

Sobre o tempo para o acesso ao crédito, disse que tão logo os jovens remetam a candidatura passam para a fase de avaliação e, depois, do financiamento, dentro dos prazos estabelecidos pelo Banco Nacional de Angola (BNA).

Para o director provincial da Cultura, Turismo, Juventude e Desportos no Moxico, Zeferino Menezes, é importante que programas do gênero cheguem aos jovens do meio rural, para que também possam se beneficiar dos financiamentos.

O FADA é uma instituição encarregue de alocar recursos financeiros, sob forma de crédito, às acções de produção alimentar, cooperativas, associações e micro e pequenas empresas do sector agrícola.

 A informação é do director do Gabinete de Gestão de Activos do FADA, Adilson Tomé, passada esta segunda-feira, no Luena, província do Moxico, durante um encontro com empreendedores locais, que visou divulgar os planos, projectos e linhas de financiamento para a juventude.

Segundo o responsável, que explicou que o objectivo da iniciativa é o de empoderar os jovens a partir do referido financiamento, o período de reembolso e de carência é ajustado ao ciclo de produção, ou seja, o produto, com curto ciclo, tem, igualmente, um reembolso conforme o período produtivo.

Sobre o tempo para o acesso ao crédito, disse que tão logo os jovens remetam a candidatura passam para a fase de avaliação e, depois, do financiamento, dentro dos prazos estabelecidos pelo Banco Nacional de Angola (BNA).

Para o director provincial da Cultura, Turismo, Juventude e Desportos no Moxico, Zeferino Menezes, é importante que programas do gênero cheguem aos jovens do meio rural, para que também possam se beneficiar dos financiamentos.

O FADA é uma instituição encarregue de alocar recursos financeiros, sob forma de crédito, às acções de produção alimentar, cooperativas, associações e micro e pequenas empresas do sector agrícola.