Governo reabilita ruas da cidade de Malanje

  • Reabilitação das ruas de Malanje
Malanje – As principais artérias da cidade de Malanje começaram a ser reabilitadas nessa terça-feira pelo governo da província, visando a melhoria da sua imagem e da fluidez do trânsito rodoviário.

Os trabalhos de pavimentação e recelagem de 12 quilómetros da malha viária da cidade terão a duração de seis meses, segundo o vice-governador provincial para a área Técnica e Infra-estruturas, Angelino Quissonde.

O responsável fez saber que neste momento decorrem trabalhos de eliminação da cratera de quatro quilómetros de extensão, que rompe parte da avenida Comandante Dangereux (Estrada 230) e depois seguir-se-á a tapagem de buracos e rasgões que foram feitos nas ruas, durante as obras de saneamento básico.

Por outro lado, disse Angelino Quissonde, no âmbito do Plano Integrado de Intervenção nos Municipios (PIIM), a administração municipal de Malanje está a realizar um concurso público para adjudicação de obras de estradas, cujo pacote está avaliado em mais de 440 milhões de kwanzas. O mesmo, servirá também para a colocação de lancis, passeios e iluminação pública.

Para além da reabilitação do casco urbano, nos últimos dias, a cidade vem ganhando outra imagem com a substituição de luminárias, expansão da rede eléctrica em sete novos bairros, pintura de lancis, caiação e poda de árvores e recuperação dos espaços verdes.

No âmbito do projecto “Eu só jovem amo o meu município”, de iniciativa da administração municipal de Malanje, estão a ser levados a cabo trabalhos de reabilitação de mobiliários dos jardins, pinturas de paredes e dos elementos metálicos e em madeira dos acessórios das zonas livres e de recreação.

 

 

Os trabalhos de pavimentação e recelagem de 12 quilómetros da malha viária da cidade terão a duração de seis meses, segundo o vice-governador provincial para a área Técnica e Infra-estruturas, Angelino Quissonde.

O responsável fez saber que neste momento decorrem trabalhos de eliminação da cratera de quatro quilómetros de extensão, que rompe parte da avenida Comandante Dangereux (Estrada 230) e depois seguir-se-á a tapagem de buracos e rasgões que foram feitos nas ruas, durante as obras de saneamento básico.

Por outro lado, disse Angelino Quissonde, no âmbito do Plano Integrado de Intervenção nos Municipios (PIIM), a administração municipal de Malanje está a realizar um concurso público para adjudicação de obras de estradas, cujo pacote está avaliado em mais de 440 milhões de kwanzas. O mesmo, servirá também para a colocação de lancis, passeios e iluminação pública.

Para além da reabilitação do casco urbano, nos últimos dias, a cidade vem ganhando outra imagem com a substituição de luminárias, expansão da rede eléctrica em sete novos bairros, pintura de lancis, caiação e poda de árvores e recuperação dos espaços verdes.

No âmbito do projecto “Eu só jovem amo o meu município”, de iniciativa da administração municipal de Malanje, estão a ser levados a cabo trabalhos de reabilitação de mobiliários dos jardins, pinturas de paredes e dos elementos metálicos e em madeira dos acessórios das zonas livres e de recreação.