Dez projectos disputam concurso melhor startup do Turismo em Angola

Lubango - Dez startups estão seleccionadas para a final do concurso denominado "Startup do Turismo em Angola", a ter lugar em Luanda, a 27 do corrente mês.

O evento visa aliar a tecnologia ao turismo, a partir de ideias inovadoras para o desenvolvimento turístico de Angola.

Trata-se da primeira e maior competição nacional para startups em mercados ligado ao sector do turismo, lançado em Outubro de 2019, durante a realização do II Conselho Consultivo do Turismo.

O concurso é promovido pela Platina Line, em parceria com o Ministério da Cultura, Turismo e Ambiente.

São finalstias as organizações inovadoras Wast Solutions, Bantu-Games, Acave, Citaagro, Belita, Kubata Angola, Seg, Inzo Iame, Tour Angola e Paga Tur.

Em declarações à ANGOP, o responsável da Platina Line, Sarchel Necésio, afirmou que o prémio visa estimular a criatividade e um ambiente de comunicação massivo, abrangente, claro e com poucos ruídos, assim como colher contribuições para o sector.

O júri, segundo a fonte, vai avaliar aspectos como a  singularidade e viabilidade da solução, impacto potencial, modelo de negócio e escalabilidade, divididos em quatros temas, nomeadamente "Futuro das Viagens", "A Experiência Turística", "Impacto Ambiental" e "Desenvolvimento Comunitário".

Explicou que o concurso é uma competição destinada a encontrar e fomentar o desenvolvimento de startups, que ajudem a transformação digital no sector do turismo e dar oportunidade aos empreendedores mostrarem o seu compromisso com a inovação.

O vencedor receberá um milhão de Kwanzas, gestão e promoção do seu projecto nas redes sociais e nos meios de comunicação social e um final semana num dos hotéis de referência do país.

 

O evento visa aliar a tecnologia ao turismo, a partir de ideias inovadoras para o desenvolvimento turístico de Angola.

Trata-se da primeira e maior competição nacional para startups em mercados ligado ao sector do turismo, lançado em Outubro de 2019, durante a realização do II Conselho Consultivo do Turismo.

O concurso é promovido pela Platina Line, em parceria com o Ministério da Cultura, Turismo e Ambiente.

São finalstias as organizações inovadoras Wast Solutions, Bantu-Games, Acave, Citaagro, Belita, Kubata Angola, Seg, Inzo Iame, Tour Angola e Paga Tur.

Em declarações à ANGOP, o responsável da Platina Line, Sarchel Necésio, afirmou que o prémio visa estimular a criatividade e um ambiente de comunicação massivo, abrangente, claro e com poucos ruídos, assim como colher contribuições para o sector.

O júri, segundo a fonte, vai avaliar aspectos como a  singularidade e viabilidade da solução, impacto potencial, modelo de negócio e escalabilidade, divididos em quatros temas, nomeadamente "Futuro das Viagens", "A Experiência Turística", "Impacto Ambiental" e "Desenvolvimento Comunitário".

Explicou que o concurso é uma competição destinada a encontrar e fomentar o desenvolvimento de startups, que ajudem a transformação digital no sector do turismo e dar oportunidade aos empreendedores mostrarem o seu compromisso com a inovação.

O vencedor receberá um milhão de Kwanzas, gestão e promoção do seu projecto nas redes sociais e nos meios de comunicação social e um final semana num dos hotéis de referência do país.