Antigos combatentes beneficiam de sementes

Malanje - Oitenta famílias e igual número de antigos combatentes, afectos a cooperativas de camponeses das localidades de Cambaxi e Camatende, município de Malanje, beneficiaram hoje (sexta-feira) de sementes de hortícolas, fertilizantes, moto-bombas e pulverizadores, para o fomento da horticultura.

A iniciativa é da administração municipal de Malanje e enquadra-se no âmbito do Programa Integrado de Desenvolvimento Local e Combate à Pobreza (PIDLCP).

De acordo com o administrador municipal de Malanje, João de Assunção, o apoio centra-se na melhoria da renda e dieta alimentar das famílias, mediante o aumento das áreas de cultivo.

Sublinhou, por outro lado, o contínuo engajamento da administração na legalização das cooperativas e associação de camponeses e das suas respectivas terras, de modo a desenvolverem as suas actividades sem quaisquer constrangimentos.

Paulo Francisco, presidente da cooperativa de ex-militares da comuna de Cambaxi, e Manuel Bombo, secretário da cooperativa 4 de Abril, consideram que os meios ora recebidos vão contribuir para o alcance de níveis de produção de hortícolas desejados, de modo a atender a demanda local.

 

A iniciativa é da administração municipal de Malanje e enquadra-se no âmbito do Programa Integrado de Desenvolvimento Local e Combate à Pobreza (PIDLCP).

De acordo com o administrador municipal de Malanje, João de Assunção, o apoio centra-se na melhoria da renda e dieta alimentar das famílias, mediante o aumento das áreas de cultivo.

Sublinhou, por outro lado, o contínuo engajamento da administração na legalização das cooperativas e associação de camponeses e das suas respectivas terras, de modo a desenvolverem as suas actividades sem quaisquer constrangimentos.

Paulo Francisco, presidente da cooperativa de ex-militares da comuna de Cambaxi, e Manuel Bombo, secretário da cooperativa 4 de Abril, consideram que os meios ora recebidos vão contribuir para o alcance de níveis de produção de hortícolas desejados, de modo a atender a demanda local.