MEP capacita cooperativas beneficiárias do PRODESI

  • Moxico: Cooperativas formadas em materias de Gestão
Luena - Os responsáveis das cooperativas agrícolas que beneficiaram de crédito bancário no âmbito do Programa de Apoio à Produção, Diversificação das Exportações e Substituição das Importações (PRODESI), no Moxico, estão a ser capacitados em matéria de gestão pelo Ministério da Economia e Planeamento (MEP).

A referida acção formativa de cinco dias decorre no quadro do programa PROMOVE, um Projecto de Modernização de Gestão das Cooperativas.

Os participantes estão a ser munidos com matérias de Direito, Marketing e Comunicação, contabilidade e Gestão de pessoal e operacional.

Em declarações hoje à ANGOP, a representante da empresa prestadora de serviços LBC, facilitadora do evento, Mirian Marques, disse que a acção formativa vai atribuir competências viáveis à melhoria de gestão dos negócios.

Não obstante a teoria, os responsáveis das cooperativas contarão ainda com acompanhamento no campo de técnicos especializados, durante os primeiros meses de implementação dos projectos.

Na província do Moxico, o PRODESI já beneficiou dezassete cooperativas com crédito bancário avaliado em 455 milhões de kwanzas (Kz), visando alavancar o sector produtivo na região.

O programa prevê financiar 18 cooperativas com 50 milhões de kwanzas, cada, perfazendo um total de Kz 900 milhões, a ser desembolsado pelo Banco de Desenvolvimento de Angola (BDA).

O Prodesi é uma iniciativa do Executivo angolano para acelerar a diversificação da produção nacional e gerar riquezas, com maior potencial de geração de valor de exportação e substituição de importações.

O programa incide sobre os sectores da alimentação e agro-indústria, recursos minerais, petróleo e gás natural, florestal, têxteis, vestuário e calçado, construção e obras públicas, tecnologias de informação e telecomunicações, saúde, educação, formação e investigação científica, turismo e lazer.

A referida acção formativa de cinco dias decorre no quadro do programa PROMOVE, um Projecto de Modernização de Gestão das Cooperativas.

Os participantes estão a ser munidos com matérias de Direito, Marketing e Comunicação, contabilidade e Gestão de pessoal e operacional.

Em declarações hoje à ANGOP, a representante da empresa prestadora de serviços LBC, facilitadora do evento, Mirian Marques, disse que a acção formativa vai atribuir competências viáveis à melhoria de gestão dos negócios.

Não obstante a teoria, os responsáveis das cooperativas contarão ainda com acompanhamento no campo de técnicos especializados, durante os primeiros meses de implementação dos projectos.

Na província do Moxico, o PRODESI já beneficiou dezassete cooperativas com crédito bancário avaliado em 455 milhões de kwanzas (Kz), visando alavancar o sector produtivo na região.

O programa prevê financiar 18 cooperativas com 50 milhões de kwanzas, cada, perfazendo um total de Kz 900 milhões, a ser desembolsado pelo Banco de Desenvolvimento de Angola (BDA).

O Prodesi é uma iniciativa do Executivo angolano para acelerar a diversificação da produção nacional e gerar riquezas, com maior potencial de geração de valor de exportação e substituição de importações.

O programa incide sobre os sectores da alimentação e agro-indústria, recursos minerais, petróleo e gás natural, florestal, têxteis, vestuário e calçado, construção e obras públicas, tecnologias de informação e telecomunicações, saúde, educação, formação e investigação científica, turismo e lazer.