Tômbwa reforçado com nove grupos geradores até Dezembro

  • Energia
Moçâmedes- A Central Termica Eléctrica do município do Tômbwa, província do Namibe, será reforçada, até Dezembro, com mais nove novos grupos geradores, segundo o o ministro da Energia e Águas, João Baptista Borges.

O anuncio feito pelo ministro durante a sua vista de trabalho ao municipio do Tômbwa, que visou constatar o sector de fornecimento de energia electrica. que esta localidade tem vivido nos ultimos dias devido as avarias registadas em alguns grupos geradores.

Segundo o ministro os novos grupos geradores vão juntar-se aos quatros já existentes, mas que não atende a necessidade a demanda populacional.

O município produz 11 megawatts, mas neste momento apenas estão a ser produzidos três megawatts.

Conforme João Baptista Borges, antes da montagem dos grupos geradores, a Central Termica do Tômbwa será alvo de  melhoraias na sua instalação, nomeadamente a construção de maciços as sapatas para a colocação dos  geradores e a limpeza completa do perimetro e sua vedação.

Em paralelo a este trabalho, segundo João Baptista Borges, será, igualmente, feito a recuperação de dois gurpos geradores da Central Hibrida do Tômbwa.

 “Vamos aumentar a disponibilidade desta central, ou seja, se tivermos 10 megawatts na Central  Termica e mais cinco na Central Hibrida, teremos 15 megawatts para cobrir as necessidades do Tômbwa”, acrscentou o ministro.

Neste conjunto de acções, o ministro garantiu, igualmente, a execução de um projecto de reabilitação e ampliação da rede electrica  para o aumento do número de consumidores, incluindo as unidades de pescas que não estão actualmente inseridas nesta rede.

O  projecto contempla a instalação de uma nova subestação no município do Tômbwa, num financiamento da Alemanha, e a ser executado pela empresa Ziman.

“ Esse é um projecto que está  já em fase de prepação avançada, aguardando pela aprovação do seu financiamento para que seja incorporado no Orçamento Geral do Estado e a ser executado em 2021”, garantiu o ministro.

Para além deste processo de modernização das instalações electricas do município do Tômbwa, João Baptista Borges garante ainda o projecto de ligação do sistema electrico entre a cidade de Moçamedes e Tômbwa, numa linha de 90 quilómetros, diminuindo assim os custos com combustíveis.

Estas acções. segundo ainda o governante, estão inscritas no projecto de financiamento alemão e que vão  ser executadas pela empresa Ziman. O mesmo prevê, para Moçãmedes,  a extensão da rede electrica  e a substituição da antiga substação electrica por uma não blindada e preparada de facto para resistir as condições climatéricas desta região.

“É um projecto que vai trazer melhorias a nivel de disponibilidade energetica, pois perspectivamos, igualmente, a interligação a partir de Laúca/Huambo com Lubango e por sua vez ao Namibe. Após a sua conclusão prevemos poupar cerca de um milhão de litros de diesel diário, permitindo termos uma energia mais barata e mais acessível para todos”, finalizou o governante.

No municipio do Tômbwa visitou as centrais termica e hibrida, enquanto em Moçâmedes inteirou-se do funcionamento da subsestação electrica e da Estação Termica do Xitoto

O anuncio feito pelo ministro durante a sua vista de trabalho ao municipio do Tômbwa, que visou constatar o sector de fornecimento de energia electrica. que esta localidade tem vivido nos ultimos dias devido as avarias registadas em alguns grupos geradores.

Segundo o ministro os novos grupos geradores vão juntar-se aos quatros já existentes, mas que não atende a necessidade a demanda populacional.

O município produz 11 megawatts, mas neste momento apenas estão a ser produzidos três megawatts.

Conforme João Baptista Borges, antes da montagem dos grupos geradores, a Central Termica do Tômbwa será alvo de  melhoraias na sua instalação, nomeadamente a construção de maciços as sapatas para a colocação dos  geradores e a limpeza completa do perimetro e sua vedação.

Em paralelo a este trabalho, segundo João Baptista Borges, será, igualmente, feito a recuperação de dois gurpos geradores da Central Hibrida do Tômbwa.

 “Vamos aumentar a disponibilidade desta central, ou seja, se tivermos 10 megawatts na Central  Termica e mais cinco na Central Hibrida, teremos 15 megawatts para cobrir as necessidades do Tômbwa”, acrscentou o ministro.

Neste conjunto de acções, o ministro garantiu, igualmente, a execução de um projecto de reabilitação e ampliação da rede electrica  para o aumento do número de consumidores, incluindo as unidades de pescas que não estão actualmente inseridas nesta rede.

O  projecto contempla a instalação de uma nova subestação no município do Tômbwa, num financiamento da Alemanha, e a ser executado pela empresa Ziman.

“ Esse é um projecto que está  já em fase de prepação avançada, aguardando pela aprovação do seu financiamento para que seja incorporado no Orçamento Geral do Estado e a ser executado em 2021”, garantiu o ministro.

Para além deste processo de modernização das instalações electricas do município do Tômbwa, João Baptista Borges garante ainda o projecto de ligação do sistema electrico entre a cidade de Moçamedes e Tômbwa, numa linha de 90 quilómetros, diminuindo assim os custos com combustíveis.

Estas acções. segundo ainda o governante, estão inscritas no projecto de financiamento alemão e que vão  ser executadas pela empresa Ziman. O mesmo prevê, para Moçãmedes,  a extensão da rede electrica  e a substituição da antiga substação electrica por uma não blindada e preparada de facto para resistir as condições climatéricas desta região.

“É um projecto que vai trazer melhorias a nivel de disponibilidade energetica, pois perspectivamos, igualmente, a interligação a partir de Laúca/Huambo com Lubango e por sua vez ao Namibe. Após a sua conclusão prevemos poupar cerca de um milhão de litros de diesel diário, permitindo termos uma energia mais barata e mais acessível para todos”, finalizou o governante.

No municipio do Tômbwa visitou as centrais termica e hibrida, enquanto em Moçâmedes inteirou-se do funcionamento da subsestação electrica e da Estação Termica do Xitoto