Supermercado gera 350 postos de trabalho

  • Zona de Talatona, na cidade de Luanda
Luanda – Trezentos e cinquenta jovens angolanos conseguiram o primeiro emprego, com a inauguração da nova loja da rede de supermercados "Angomart", no município de Talatona, em Luanda.

Segundo um comunicado que à Angop teve acesso esta terça-feira, com a nova loja, aberta na última semana e pertencente ao grupo empresarial Noble, a "Angomart" pretende servir a comunidade e impactar no futuro do país, de forma positiva.

Por isso, acrescenta o comunicado, o grupo empresarial decidiu apostar em mais serviços de proximidade à comunidade, pelo que tem em carteira a inauguração de mais três lojas, ainda este ano, na capital do país.

“Acreditamos no país e nas nossas comunidades, motivo pelo qual vamos dar seguimento aos nossos investimentos, criando mais lojas e mais postos de trabalho, reinvestindo o capital que vamos gerando”, acrescenta o documento.

Lançada em 2014, a "Angomart" está implantada em várias zonas das províncias de Luanda, Cabinda e Huíla, na cidade do Lubango.

Actualmente as lojas empregam um total de dois mil 350 profissionais angolanos, de forma directa e indirecta.

O grupo empresarial Noble, de origem indiana, está em Angola há 18 anos.

Segundo um comunicado que à Angop teve acesso esta terça-feira, com a nova loja, aberta na última semana e pertencente ao grupo empresarial Noble, a "Angomart" pretende servir a comunidade e impactar no futuro do país, de forma positiva.

Por isso, acrescenta o comunicado, o grupo empresarial decidiu apostar em mais serviços de proximidade à comunidade, pelo que tem em carteira a inauguração de mais três lojas, ainda este ano, na capital do país.

“Acreditamos no país e nas nossas comunidades, motivo pelo qual vamos dar seguimento aos nossos investimentos, criando mais lojas e mais postos de trabalho, reinvestindo o capital que vamos gerando”, acrescenta o documento.

Lançada em 2014, a "Angomart" está implantada em várias zonas das províncias de Luanda, Cabinda e Huíla, na cidade do Lubango.

Actualmente as lojas empregam um total de dois mil 350 profissionais angolanos, de forma directa e indirecta.

O grupo empresarial Noble, de origem indiana, está em Angola há 18 anos.