Apreendidas mais de duas mil caixas de peixe congelado no Luvo

  • Venda Informal de Peixe carapau, o mais consumido entre os angolanos
Mbanza Kongo – Duas mil e 200 caixas de peixe carapu congelado foram apreendidas, nesta quinta-feira, na comuna fronteiriça do Luvo, no município de Mbanza Kongo, província do Zaire, por presumível contrabando de mercadorias.

A mercadoria, segundo uma nota da Polícia Nacional no Zaire, tinha como destino a República Democrática do Congo (RDC), onde seria comercializada.

o documento acrescenta que o pescado, proveniente da província angolana de Benguela, tinha como destino a cidade de Mbanza Kongo (Zaire), tendo, por razões inconfessas, sido desviado para a fronteira com a RDC.

Na mesma operação desencadeada pelos efectivos do Serviço de Investigação Criminal (SIC), indica o comunicado, foram detidos dois cidadãos nacionais, tidos como presumíveis autores.

A comuna fronteiriça do Luvo dista a 60 quilómetros a norte da cidade de Mbanza Kongo, sede provincial do Zaire.

 

 

 

 

 

A mercadoria, segundo uma nota da Polícia Nacional no Zaire, tinha como destino a República Democrática do Congo (RDC), onde seria comercializada.

o documento acrescenta que o pescado, proveniente da província angolana de Benguela, tinha como destino a cidade de Mbanza Kongo (Zaire), tendo, por razões inconfessas, sido desviado para a fronteira com a RDC.

Na mesma operação desencadeada pelos efectivos do Serviço de Investigação Criminal (SIC), indica o comunicado, foram detidos dois cidadãos nacionais, tidos como presumíveis autores.

A comuna fronteiriça do Luvo dista a 60 quilómetros a norte da cidade de Mbanza Kongo, sede provincial do Zaire.