Polícia aborta tentativa de saída de combustível do Zaire para RDC

  • Contrabando de combustível
Mbanza Kongo – Quatro mil e novecentos litros de combustível foram apreendidos, domingo, pela polícia de guarda fronteira no município do Soyo, província do Zaire, por presumível contrabando.

A apreensão do produto (gasolina e gasóleo), que tinha como destino a vizinha República Democrática do Congo (RDC), ocorreu no canal fluvial Santo António, nas imediações da ilha do Libi, no Soyo.

Segundo uma nota do Comando Provincial da Polícia Nacional no Zaire a que a Angop teve acesso, esta segunda-feira, a mercadoria acondicionada em bidões de 25 e 250 litros estava a ser transportada por duas embarcações de fabrico moderno.  

O informe acrescenta que a acção resulta de um patrulhamento dos efectivos da Polícia de Guarda Fronteira, destacados no posto naval Santo António, realizada às zonas fluviais do Rio Zaire.

O produto foi entregue à Delegação Aduaneira do Soyo, sendo que a apreensão acontece numa altura em que alguns municípios da província do Zaire vivem uma gritante falta de combustível nas bombas há muitos dias.

Em 12 de Julho deste ano, um cidadão angolano, de 35 anos de idade, tinha sido detido, nesta mesma municipalidade, por tentativa de descaminho de um camião carregado com 35 mil litros de combustível, por presumível contrabando.

 

 

 

A apreensão do produto (gasolina e gasóleo), que tinha como destino a vizinha República Democrática do Congo (RDC), ocorreu no canal fluvial Santo António, nas imediações da ilha do Libi, no Soyo.

Segundo uma nota do Comando Provincial da Polícia Nacional no Zaire a que a Angop teve acesso, esta segunda-feira, a mercadoria acondicionada em bidões de 25 e 250 litros estava a ser transportada por duas embarcações de fabrico moderno.  

O informe acrescenta que a acção resulta de um patrulhamento dos efectivos da Polícia de Guarda Fronteira, destacados no posto naval Santo António, realizada às zonas fluviais do Rio Zaire.

O produto foi entregue à Delegação Aduaneira do Soyo, sendo que a apreensão acontece numa altura em que alguns municípios da província do Zaire vivem uma gritante falta de combustível nas bombas há muitos dias.

Em 12 de Julho deste ano, um cidadão angolano, de 35 anos de idade, tinha sido detido, nesta mesma municipalidade, por tentativa de descaminho de um camião carregado com 35 mil litros de combustível, por presumível contrabando.