Preços da cesta básica registam variação em Mbanza Kongo

  • Comerciantes afirmam que variação de preços tem a ver com redução na fonte
Mbanza Kongo – Produtos da cesta básica como arroz, açúcar, óleo e massa alimentar em Mbanza Kongo, província do Zaire, apresentaram uma variação de preços para baixo, nos últimos sete dias, constatou a ANGOP.

Questionados sobre a razão da baixa de preços desses produtos, os agentes económicos daquela parcela do país apontaram o aumento da oferta no mercado local como razão da tendência redutora dos preços praticados pelos fornecedores em Luanda.

Na ronda efectuada em alguns estabelecimentos de comércio grossista locais, nos últimos dias, verificou-se que o saco de arroz de 25 quilogramas passou a ser comercializado a 14 mil e 700 Kwanzas, contra os 16 mil kwanzas anteriores.

O saco da farinha de milho de 25kg está a ser vendido a 11 mil, menos mil que o preço de há sete dias, ao passo que o de trigo custa agora 22 mil e 800 kwanzas, contra os 23 mil e 600 Kwanzas praticados anteriormente.

A caixa de massa alimentar de 20 pacotes passou de cinco mil 500 kwanzas para quatro mil e 900 kwanzas, já a caixa de 12 litros de óleo alimentar desceu de 16 mil e 200 para 15 mil e 400 kwanzas.

O saco de 50 quilogramas de açúcar está no valor de 24 mil Kwanzas, verificando-se uma redução de dois mil Kwanzas que o preço praticado há dias.

A caixa de 10 quilogramas de coxa frango, que antes era comercializada no valor de 11 mil e 300 Kwanzas, baixou para 11 mil Kwanzas, assim como a caixa de peixe Carapau que saiu dos 14 mil para 12 mil Kwanzas.

Inquiridos sobre a razão da baixa de preços destes produtos, os agentes económicos apontaram o aumento da oferta no mercado local, fruto da tendência redutora dos preços praticados pelos fornecedores na fonte, em Luanda.

Os consumidores auguram que esta tendência se mantenha, de modo a devolver o poder de compra aos seus vencimentos.

 

Questionados sobre a razão da baixa de preços desses produtos, os agentes económicos daquela parcela do país apontaram o aumento da oferta no mercado local como razão da tendência redutora dos preços praticados pelos fornecedores em Luanda.

Na ronda efectuada em alguns estabelecimentos de comércio grossista locais, nos últimos dias, verificou-se que o saco de arroz de 25 quilogramas passou a ser comercializado a 14 mil e 700 Kwanzas, contra os 16 mil kwanzas anteriores.

O saco da farinha de milho de 25kg está a ser vendido a 11 mil, menos mil que o preço de há sete dias, ao passo que o de trigo custa agora 22 mil e 800 kwanzas, contra os 23 mil e 600 Kwanzas praticados anteriormente.

A caixa de massa alimentar de 20 pacotes passou de cinco mil 500 kwanzas para quatro mil e 900 kwanzas, já a caixa de 12 litros de óleo alimentar desceu de 16 mil e 200 para 15 mil e 400 kwanzas.

O saco de 50 quilogramas de açúcar está no valor de 24 mil Kwanzas, verificando-se uma redução de dois mil Kwanzas que o preço praticado há dias.

A caixa de 10 quilogramas de coxa frango, que antes era comercializada no valor de 11 mil e 300 Kwanzas, baixou para 11 mil Kwanzas, assim como a caixa de peixe Carapau que saiu dos 14 mil para 12 mil Kwanzas.

Inquiridos sobre a razão da baixa de preços destes produtos, os agentes económicos apontaram o aumento da oferta no mercado local, fruto da tendência redutora dos preços praticados pelos fornecedores na fonte, em Luanda.

Os consumidores auguram que esta tendência se mantenha, de modo a devolver o poder de compra aos seus vencimentos.