Abertas inscrições para Programa de Estágio Profissional da DW

  • Participantes ao seminário sobre finanças na Universidade Católica  de Angola
Luanda – A ong Devolpment Workshop (DW) abriu, na segunda-feira (2), as inscrições para o Programa de Estágio Profissional que prevê beneficiar 150 jovens finalistas universitários e sem experiência de trabalho remunerado.

Segundo uma nota chegada a Angop hoje ( terça-feira), em Luanda, as inscrições de acesso para o Programa de Estágio, avaliado em 450 mil dólares americanos,  tiveram início no dia dois e terminam a seis de Agosto.

O Programa de Estágio admite estudantes universitários e finalistas nos cursos de medicina, enfermagem, análises clínicas, engenharia informática e de telecomunicações, ambiental , agronómica, arquitectura e urbanismo .

Segundo o documento, podem concorrer também para o Programa de Estágio os estudantes finalistas dos cursos de gestão do território e ambiente, contabilidade geral, gestão de empresa, economia, sociologia, direito e assistência social. 

“ O Programa de Estágio será realizado nas províncias de Benguela, Huambo, Zaire, Uige, Cuanza Norte e Luanda”, refere a nota.   

Para a inscrição no Programa de Estágio, os interessados devem anexar uma copia do BI valido e a cor, copia da declaração da universidade que prova a conclusão do 4° ou 5° ano e para estudantes de medicina uma declaração do 6° ano.

Os candidatos devem acessar ao link que pode ser encontrado na plataforma Mumala ( www. mulala .ao) e na pagina  Web da DW Angola ( www. dw. angonet . org / esta-gio- profissional -e- comunita-rio) para o acesso ao formulário de inscrição.  

O Programa de Estágio Profissional e Comunitário visa dar oportunidade aos jovens angolanos formados em diferentes universidades pública e privadas, no sentido de reforçar as suas competências técnicas e profissionais com a inserção destes no ambiente corporativo e de mentoria para o desenvolvimento profissional e de empreendedorismo .

O informe avança que o projecto é um instrumento de apoio complementar as políticas activas do Governo para inserção dos jovens universitários na fase final do curso na vida activa por um lado, por outro, é um mecanismo de estimulo para o exercício da cidadania, solidariedade e da liderança social juvenil .

A nota garante que o estágio tem por finalidade contribuir para a melhoria da qualidade de vida de jovens finalistas do ensino superior através da sua inserção na vida activa, aproveitando as melhores oportunidades do mercado de trabalho e competindo em igualdade de circunstâncias com outros profissionais por meio da competência e criatividade.

 

Segundo uma nota chegada a Angop hoje ( terça-feira), em Luanda, as inscrições de acesso para o Programa de Estágio, avaliado em 450 mil dólares americanos,  tiveram início no dia dois e terminam a seis de Agosto.

O Programa de Estágio admite estudantes universitários e finalistas nos cursos de medicina, enfermagem, análises clínicas, engenharia informática e de telecomunicações, ambiental , agronómica, arquitectura e urbanismo .

Segundo o documento, podem concorrer também para o Programa de Estágio os estudantes finalistas dos cursos de gestão do território e ambiente, contabilidade geral, gestão de empresa, economia, sociologia, direito e assistência social. 

“ O Programa de Estágio será realizado nas províncias de Benguela, Huambo, Zaire, Uige, Cuanza Norte e Luanda”, refere a nota.   

Para a inscrição no Programa de Estágio, os interessados devem anexar uma copia do BI valido e a cor, copia da declaração da universidade que prova a conclusão do 4° ou 5° ano e para estudantes de medicina uma declaração do 6° ano.

Os candidatos devem acessar ao link que pode ser encontrado na plataforma Mumala ( www. mulala .ao) e na pagina  Web da DW Angola ( www. dw. angonet . org / esta-gio- profissional -e- comunita-rio) para o acesso ao formulário de inscrição.  

O Programa de Estágio Profissional e Comunitário visa dar oportunidade aos jovens angolanos formados em diferentes universidades pública e privadas, no sentido de reforçar as suas competências técnicas e profissionais com a inserção destes no ambiente corporativo e de mentoria para o desenvolvimento profissional e de empreendedorismo .

O informe avança que o projecto é um instrumento de apoio complementar as políticas activas do Governo para inserção dos jovens universitários na fase final do curso na vida activa por um lado, por outro, é um mecanismo de estimulo para o exercício da cidadania, solidariedade e da liderança social juvenil .

A nota garante que o estágio tem por finalidade contribuir para a melhoria da qualidade de vida de jovens finalistas do ensino superior através da sua inserção na vida activa, aproveitando as melhores oportunidades do mercado de trabalho e competindo em igualdade de circunstâncias com outros profissionais por meio da competência e criatividade.