ESP na Lunda Norte anula exames de ingresso

Dundo- A Escola Superior Pedagógica da Lunda Norte, afecta a Universidade Lueji A'nkonde, anulou os exames de ingresso por falta de candidatos com as condições exigidas no Decreto nº 263/20, de 21 de Outubro.

O referido Decreto permite que sejam inscritos nas superiores pedagógicas candidatos com uma média de 14 valores ou superior nos exames de acesso.

A informação foi avançada, esta segunda-feira, pelo decano da Escola Superior Pedagógica da Lunda Norte, Fortunato Diambo, sublinhando que apenas 18 candidatos, num universo de 1.424 alunos submetidos aos exames, conseguiram 14 valores, motivando a direcção da instituição a anular a prova e o ingresso de novos estudantes este ano.

Para o ano académico 2021/2022, a instituição dispunha de 440 vagas por preencher, contra as 520 do ano 2020.

Aberta, em 2004, a Escola Superior Pedagógica já lançou para o mercado de trabalho mil 309 bacharéis e mil 394 licenciados.

A Universidade Lueji A’nkonde, conta com três unidades orgânicas, nomeadamente faculdades de Direito, Economia e a Escola Superior Pedagógica.

O referido Decreto permite que sejam inscritos nas superiores pedagógicas candidatos com uma média de 14 valores ou superior nos exames de acesso.

A informação foi avançada, esta segunda-feira, pelo decano da Escola Superior Pedagógica da Lunda Norte, Fortunato Diambo, sublinhando que apenas 18 candidatos, num universo de 1.424 alunos submetidos aos exames, conseguiram 14 valores, motivando a direcção da instituição a anular a prova e o ingresso de novos estudantes este ano.

Para o ano académico 2021/2022, a instituição dispunha de 440 vagas por preencher, contra as 520 do ano 2020.

Aberta, em 2004, a Escola Superior Pedagógica já lançou para o mercado de trabalho mil 309 bacharéis e mil 394 licenciados.

A Universidade Lueji A’nkonde, conta com três unidades orgânicas, nomeadamente faculdades de Direito, Economia e a Escola Superior Pedagógica.