Estudante da Huíla vence concurso SADC de redacção

  • Vista parcial de um jardim na cidade da Huíla.
Lubango – A estudante da província da Juliana Chilombo, de 18 anos de idade, do 13º ano do curso Língua Portuguesa, venceu a 20ª edição do concurso SADC em redacção a nível Nacional.

A jovem conquistou o título com um trabalho baseado no uso dos recursos locais para o desenvolvimento da Comunidade de Desenvolvimento da África Austral (SADC), com a criação de um centro em que todos os países da região possam trabalhar e investir.

A estudante do Magistério Secundário do Lubango (Huíla) recebeu como prémio um computador portátil e uma impressora, para dar continuidade as investigações.

A 20ª edição do concurso realizado de Fevereiro a Outubro de 2020, foi apenas efectuada em três das quatro etapas, nomeadamente, a escolar, provincial e nacional, não tendo chegado a regional por conta da pandemia da Covid-19.

O concurso, instituído em 1999, visa valorizar os conhecimentos sobre a região da África Austral, incentivar os alunos a dedicarem-se aos estudos e a estarem preparados para o ensino universitário.

Para este ano foi distribuído o tema “Como a SADC tem contribuído para a paz e segurança da região, nos últimos 40 anos e como pode consolidar a paz no futuro”.

Angola começou a participar do evento desde 2000. A nível da região (SADC), o país nunca alcançou o primeiro lugar, sendo que as melhores classificações foram o segundo lugar em 2010 e o sétimo em 2019.

A jovem conquistou o título com um trabalho baseado no uso dos recursos locais para o desenvolvimento da Comunidade de Desenvolvimento da África Austral (SADC), com a criação de um centro em que todos os países da região possam trabalhar e investir.

A estudante do Magistério Secundário do Lubango (Huíla) recebeu como prémio um computador portátil e uma impressora, para dar continuidade as investigações.

A 20ª edição do concurso realizado de Fevereiro a Outubro de 2020, foi apenas efectuada em três das quatro etapas, nomeadamente, a escolar, provincial e nacional, não tendo chegado a regional por conta da pandemia da Covid-19.

O concurso, instituído em 1999, visa valorizar os conhecimentos sobre a região da África Austral, incentivar os alunos a dedicarem-se aos estudos e a estarem preparados para o ensino universitário.

Para este ano foi distribuído o tema “Como a SADC tem contribuído para a paz e segurança da região, nos últimos 40 anos e como pode consolidar a paz no futuro”.

Angola começou a participar do evento desde 2000. A nível da região (SADC), o país nunca alcançou o primeiro lugar, sendo que as melhores classificações foram o segundo lugar em 2010 e o sétimo em 2019.