MED enaltece profissionalismo dos professores

  • Luisa Grilo Ministra da Educaçao, quando falava a imprensa no final de um video Conferencia com os Governadores Provincias.
Luanda – A ministra da Educação, Luísa grilo, destacou, neste sábado, o esforço e o elevado sentido profissional dos professores angolanos no processo de ensino e aprendizagem de crianças e jovens no país.

Em mensagem alusiva ao Dia Nacional do Educador, a assinalar-se domingo, 22, Luísa Grilo valoriza o esforço dos docentes que em situações de adversidades e dificuldades sociais não regateiam vontade nem sacrifícios na garantia da educação e ensino de qualidade para as nossas crianças, jovens e adultos.

Conforme a governante, fica, mais uma vez, vincado o importante papel do professor nas respostas e soluções que dá às crises e problemas com que se defrontam a escola e a sociedade.

A ministra exalta o papel insubstituível do professor na tarefa de construção da cidadania e desenvolvimento da sociedade através da educação e ensino.

Luísa Grilo afirma que à Covid-19 obrigou à reconfiguração da escola, colocando-a perante novos desafios, em que o professor, mais uma vez, é chamado a actuar com mestria, coragem e humanidade.

Face as restrições e condicionalismos impostos pela pandemia da Covid-19, Luísa Grilo apela para se comemorar a data de forma segura e responsável, convictos de que “não há futuro sem educação e na resiliência do professor está a fortaleza da escola”.

O Dia Nacional do Educador foi instituído em 1978 pelo governo angolano, como marco para assinalar o início da campanha nacional de alfabetização, em 1977.Esta data constitui uma importante ocasião para as autoridades afins, educadores e discentes reflectirem sobre os principais problemas do sector, visando encontrar fórmulas ou modelos eficazes e eficientes para a sua superação.

Dados disponíveis indicam que o sector conta, actualmente, com 210.674, para um universo de cerca de 13 milhões de estudantes.