Bairro 11 de Novembro ganha segunda escola primária

Benguela - Uma escola primária com oito salas de aula começou a ser construída hoje, quinta-feira, no bairro 11 de Novembro, arredores da cidade de Benguela, numa iniciativa da ONG Rise Angola, instalada no país desde 2003, apurou a ANGOP.

Esta será a segunda escola do ensino primário nesta localidade. A já existente possui 14 salas de aula.

Segundo o representante da Rise Angola, Adriano Huambo, a escola terá ainda casas de banho, campo multiuso, área administrativa e contará com um muro de vedação.

Na mesma senda, informou que o empreendimento escolar será construído em cinco meses, sendo o sexto reservado ao seu apetrechamento.

Para a administradora municipal de Benguela, Adelta Matias, que presidiu a cerimónia de lançamento da primeira pedra do imóvel, a escola vem colmatar alguma deficiência a esse nível junto daquela circunscrição.

“Estamos felizes porque teremos uma nova escola construída de raíz e apetrechada pela Rise Angola, um grande parceiro. Contudo, solicito aos moradores que colaborem nesta construção e que no futuro possam cuidar deste empreendimento para que possa servir muitas gerações”, enfatizou.

Já o coordenador do bairro 11 de Novembro, Fernando Chimuco, disse na ocasião que a nova infra-estrutura vai ajudar a descongestionar a única escola primária de 14 salas de aula que existe na circunscrição.

A construção desta escola vai possibilitar também que os nossos filhos não tenham que percorrer grandes distâncias para estudar noutros bairros, referiu.

O bairro 11 de Novembro, localizado nos arredores da cidade de Benguela, tem uma população estimada em cerca de 52 mil habitantes.

Esta será a segunda escola do ensino primário nesta localidade. A já existente possui 14 salas de aula.

Segundo o representante da Rise Angola, Adriano Huambo, a escola terá ainda casas de banho, campo multiuso, área administrativa e contará com um muro de vedação.

Na mesma senda, informou que o empreendimento escolar será construído em cinco meses, sendo o sexto reservado ao seu apetrechamento.

Para a administradora municipal de Benguela, Adelta Matias, que presidiu a cerimónia de lançamento da primeira pedra do imóvel, a escola vem colmatar alguma deficiência a esse nível junto daquela circunscrição.

“Estamos felizes porque teremos uma nova escola construída de raíz e apetrechada pela Rise Angola, um grande parceiro. Contudo, solicito aos moradores que colaborem nesta construção e que no futuro possam cuidar deste empreendimento para que possa servir muitas gerações”, enfatizou.

Já o coordenador do bairro 11 de Novembro, Fernando Chimuco, disse na ocasião que a nova infra-estrutura vai ajudar a descongestionar a única escola primária de 14 salas de aula que existe na circunscrição.

A construção desta escola vai possibilitar também que os nossos filhos não tenham que percorrer grandes distâncias para estudar noutros bairros, referiu.

O bairro 11 de Novembro, localizado nos arredores da cidade de Benguela, tem uma população estimada em cerca de 52 mil habitantes.