Comunidade de Txizainga II ganha escola primária

Saurimo – A população do bairro Txizainga II, em Saurimo, ganhou hoje, terça-feira, uma escola primária denominada “Maria dos Santos da Costa Africano”.

A infra-estrutura, inaugurada pelo governador Daniel Neto, tem 14 salas de aulas, vários gabinetes, pontos de água para a higienização das mãos, secretárias, parque de estacionamento, cantina escolar. Tem uma capacidade para 1.260 alunos em dois turnos.

Erguida em dois anos, dos 14 meses previstos, custou Kz 150 milhões, no âmbito do Eurobonds.

Na ocasião, Daniel Neto informou que a entrada em funcionamento da instituição vai partmitir a retirada de diversas crianças ao relento, casebres e em espaços sem as mínimas condições, daí a necessidade de se proteger ao máximo, para que possa durar mais tempo.

Afirmou que o governo continuará a erguer infra-estruturas do género não só, para que mais crianças sejam inserida nas escolas, diminuindo, deste modo, com o índice de analfabetos na região.

Durante o acto foi também homenageada a profesora Maria dos Santos da Costa Africano. Docente há 40 anos e reformada há quatro, disse estar satisfeita pelo reconhecimento dpo Governo.

O município de Saurimo conta com 156 escolas, com 133 mil e 723 alunos. Mil e 523 professores garantem o processo de ensino.

No presente ano lectivo foram matriculados 10 mil alunos em todos os subsistemas de ensino, distribuídos 105 salas de aulas, assegurados por 329 professores.

Dos matriculados, 54 mil 374 são crianças de 54 escolas do ensino primário.

 

 

A infra-estrutura, inaugurada pelo governador Daniel Neto, tem 14 salas de aulas, vários gabinetes, pontos de água para a higienização das mãos, secretárias, parque de estacionamento, cantina escolar. Tem uma capacidade para 1.260 alunos em dois turnos.

Erguida em dois anos, dos 14 meses previstos, custou Kz 150 milhões, no âmbito do Eurobonds.

Na ocasião, Daniel Neto informou que a entrada em funcionamento da instituição vai partmitir a retirada de diversas crianças ao relento, casebres e em espaços sem as mínimas condições, daí a necessidade de se proteger ao máximo, para que possa durar mais tempo.

Afirmou que o governo continuará a erguer infra-estruturas do género não só, para que mais crianças sejam inserida nas escolas, diminuindo, deste modo, com o índice de analfabetos na região.

Durante o acto foi também homenageada a profesora Maria dos Santos da Costa Africano. Docente há 40 anos e reformada há quatro, disse estar satisfeita pelo reconhecimento dpo Governo.

O município de Saurimo conta com 156 escolas, com 133 mil e 723 alunos. Mil e 523 professores garantem o processo de ensino.

No presente ano lectivo foram matriculados 10 mil alunos em todos os subsistemas de ensino, distribuídos 105 salas de aulas, assegurados por 329 professores.

Dos matriculados, 54 mil 374 são crianças de 54 escolas do ensino primário.