Universidades assinam acordo para promover empregabilidade

Luanda - Um acordo de parceria entre a Universidade Agostinho Neto (UAN) e a Universidade de Tecnologia de Belfort-Montbéliard (UTBM) foi rubricado nesta terça-feira, em Luanda, para promover a empregabilidade dos estudantes e transforma-los em criadores de emprego, sobretudo na área de inovações tecnológicas.

O acordo foi rubricado pelo reitor da Universidade Agostinho Neto, Pedro Magalhães e pelo reitor da Universidade de Tecnologia de Belfort-Montbéliard (UTBM), Ghislain Montavon.

Pedro Magalhães explicou que o acordo abrange a cooperação nos domínios científicos, académicos e na formação de técnicos e investigadores.

Disse pretender a mobilidade dos estudantes que possam passar parte da sua formação na universidade parceira e vice-versa.

Queremos cooperar para o desenvolvimento de projectos científicos conjunto e permitir a mobilidade de investigadores e docentes das duas universidades”, disse.

A título da experiência, acrescentou estar em curso o Mestrado em Engenharia dos Sistemas Industriais, que permitirá a formação de especialistas que venham a intervir em termos de tecnologia de desenvolvimento em várias indústrias.

Na ocasião, o secretário de Estado para o Ensino Superior, Eugénio Silva, disse que o mestrado em engenharia dos sistemas industriais, da Faculdade de Engenharia da Universidade Agostinho Neto (FEUAN) em parceria com a Universidade de Tecnologia de Belfort-Montbéliard (UTBM) é o resultado do programa de cooperação universitária bilateral que o Ministério do Ensino Superior de Angola e o Governo de França, contando neste momento com 36 mestrandos da academia e da indústria que se encontram em fase de conclusão da formação.

O acordo foi rubricado pelo reitor da Universidade Agostinho Neto, Pedro Magalhães e pelo reitor da Universidade de Tecnologia de Belfort-Montbéliard (UTBM), Ghislain Montavon.

Pedro Magalhães explicou que o acordo abrange a cooperação nos domínios científicos, académicos e na formação de técnicos e investigadores.

Disse pretender a mobilidade dos estudantes que possam passar parte da sua formação na universidade parceira e vice-versa.

Queremos cooperar para o desenvolvimento de projectos científicos conjunto e permitir a mobilidade de investigadores e docentes das duas universidades”, disse.

A título da experiência, acrescentou estar em curso o Mestrado em Engenharia dos Sistemas Industriais, que permitirá a formação de especialistas que venham a intervir em termos de tecnologia de desenvolvimento em várias indústrias.

Na ocasião, o secretário de Estado para o Ensino Superior, Eugénio Silva, disse que o mestrado em engenharia dos sistemas industriais, da Faculdade de Engenharia da Universidade Agostinho Neto (FEUAN) em parceria com a Universidade de Tecnologia de Belfort-Montbéliard (UTBM) é o resultado do programa de cooperação universitária bilateral que o Ministério do Ensino Superior de Angola e o Governo de França, contando neste momento com 36 mestrandos da academia e da indústria que se encontram em fase de conclusão da formação.