Associação Tchiweka disponibiliza arquivo histórico online

Luanda - A Associação Tchiweka de Documentação (ATD) disponibiliza, a partir de quarta-feira, 14, para o público, via online, parte do seu arquivo histórico sobre as lutas de  libertação nos países africanos de língua portuguesa.

Segundo uma nota a que a Angop teve acesso, no portal da associação estará disponível o espólio do nacionalista e membro do MPLA, Lúcio Lara.

Conforme o documento, trata-se de um arquivo de capital importância, por se ser o primeiro arquivo online angolano dedicado a história das lutas contra o domínio colonial.

 “O avanço para a digitalização dos documentos e a opção de acesso via internet, opção lógica dos arquivos actuais, tornou-se ainda mais urgente pelas restrições que a Covid-19 a todos impôs”, lê-se no documento.

A ATD é uma associação angolana sem fins lucrativos, classificada de utilidade pública desde 2012. O Centro de Documentação Tchiweka gere um arquivo privado que se rege pela legislação angolana, respeitando os princípios defendidos pela Associação.

A ATD, que celebra 15 anos de existência, tem como objectivo organizar e tornar acessível documentação que contribua para preservar a memória e aprofundar o conhecimento sobre a luta do povo angolano pela independência e soberania nacional.

Segundo uma nota a que a Angop teve acesso, no portal da associação estará disponível o espólio do nacionalista e membro do MPLA, Lúcio Lara.

Conforme o documento, trata-se de um arquivo de capital importância, por se ser o primeiro arquivo online angolano dedicado a história das lutas contra o domínio colonial.

 “O avanço para a digitalização dos documentos e a opção de acesso via internet, opção lógica dos arquivos actuais, tornou-se ainda mais urgente pelas restrições que a Covid-19 a todos impôs”, lê-se no documento.

A ATD é uma associação angolana sem fins lucrativos, classificada de utilidade pública desde 2012. O Centro de Documentação Tchiweka gere um arquivo privado que se rege pela legislação angolana, respeitando os princípios defendidos pela Associação.

A ATD, que celebra 15 anos de existência, tem como objectivo organizar e tornar acessível documentação que contribua para preservar a memória e aprofundar o conhecimento sobre a luta do povo angolano pela independência e soberania nacional.